Sexta-feira, 24 de outubro de 2014
:
banner
IMPRENSA

Agência UDOP de Notícias

Editorias

Galerias

Mídias Sociais

RSS

TV UDOP

Apoio Cultural

Contatos

Home > ÚLTIMAS NOTÍCIAS Diminuir a letra Aumentar a letra
Preços do açúcar prejudicam receita de exportação  

16/07/13 - Os preços do açúcar, um dos principais produtos exportados pelo Brasil aos países árabes, passaram os seis primeiros meses do ano em queda, mas devem se estabilizar no segundo semestre. De janeiro a junho, o Brasil aumentou os seus embarques da commodity em 57,3%, mas a receita gerada com as vendas não cresceu na mesma proporção, em função das cotações menores, e avançou apenas 27%. O volume exportado alcançou 11,8 milhões de toneladas e o faturamento, US$ 5,46 bilhões.

De acordo com o diretor da Bioagência, Tarcilo Rodrigues, a queda dos preços ocorreu por causa das boas safras registradas no mundo no ano passado. "Mas o mercado está entrando em correção", afirma ele, a respeito do futuro dos preços do açúcar, que podem continuar caindo por 40 dias ainda, mas depois deverão se estabilizar. "Eles já estão em um patamar mínimo", afirma o especialista em mercado de açúcar. De acordo com Rodrigues, o efeito do dólar valorizado sobre as exportações deve também ser sentido a partir da metade de julho e no mês de agosto, elevando a receita do segmento com o mercado internacional.

O açúcar ocupou o segundo lugar no ranking dos produtos embarcados pelo Brasil para o mercado árabe no primeiro semestre, com US$ 1,8 bilhão. A receita obtida avançou 10% sobre os seis primeiros meses de 2012, mas o volume subiu ainda mais, 38%, para 4,1 milhões de toneladas. No mês de junho, individualmente, a receita com vendas de açúcar para o mundo árabe chegou a recuar 3,62%, para US$ 274,4 milhões, enquanto os volumes avançaram 15,20% sobre o mesmo mês do ano passado, para 630 mil toneladas. Ou seja, apesar de o Brasil ter embarcado mais açúcar, o preço baixo encolheu a receita.

As exportações gerais da commodity pelo Brasil fizeram movimento similar ao registrado para os países árabes em junho. A quantidade negociada avançou 32,9% e a receita com vendas apenas 8,7% para US$ 958 milhões. O Brasil vendeu no exterior, no último mês, um total de 974 mil toneladas de açúcar. O preço caiu 18,2% sobre junho de 2012, de acordo com dados do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

O fato de os preços do açúcar terem permanecido em baixa deve justamente ajudar a equilibrar o mercado no segundo semestre, já que eles desmotivaram os produtores a investir no segmento. No Brasil, por exemplo, em que um terço da safra de cana-de-açúcar está colhida, a tendência é que os usineiros produzam mais etanol por causa da baixa cotação do açúcar, afirma o diretor da Bioagência. Mas essa oferta menor deverá se reverter em preços de fato maiores apenas no ano que vem, aposta Rodrigues.


Isaura Daniel
Fonte: Agência de Notícias Brasil-Árabe



Notícias Relacionadas:
 23/10 - Cresce número de usinas com safra encerrada no Centro-Sul do País
 23/10 - Tempo seco favorece colheita e promove morte súbita da safra 2014/15
 23/10 - Fila de navios para embarcar açúcar permanece em 35 na semana
 23/10 - Abastecer com álcool fica mais caro outra vez
 23/10 - Custos azedam sonho africano de exportar açúcar
 23/10 - Banco prevê queda de custo para produtores no quarto trimestre
 23/10 - Estimativa de quebra de safra faz preços do açúcar se valorizarem
 22/10 - Bagaço de cana-de-açúcar gera economia de 7% em usinas hidrelétricas
 22/10 - Safra de cana deve ficar em 544 mi de t no Centro-Sul, prevê Canaplan
 22/10 - Na China, importação de açúcar cai 39% em setembro, para 360 mil t
 22/10 - A maior do mundo
 22/10 - Brazil waits on better prices to export more sugar
 22/10 - Pesquisas que apontam reeleição presidencial influenciam e fazem preços do açúcar cair
 22/10 - Nova estimativa reduz, mais uma vez, a previsão de safra da cana
 21/10 - Usineiros esperam que recuperação da gasolina estimule consumo de etanol
 23/10 - Cresce número de usinas com safra encerrada no Centro-Sul do País
 23/10 - Tempo seco favorece colheita e promove morte súbita da safra 2014/15
 23/10 - Brasil dobrará importações de etanol na safra 2014/15, prevê Datagro
 23/10 - Odebrecht Agroindustrial prevê para 2016 primeira planta de etanol celulósico
 23/10 - Abastecer com álcool fica mais caro outra vez
 23/10 - Sala Agrícola discute aumento de produtividade a custos baixos no Congresso UDOP
 22/10 - Bagaço de cana-de-açúcar gera economia de 7% em usinas hidrelétricas
 22/10 - Safra de cana deve ficar em 544 mi de t no Centro-Sul, prevê Canaplan
 22/10 - Biomassa da cana de açúcar se torna fonte de energia alternativa no Brasil
 22/10 - Governo prevê avanço de 1% no valor da produção agropecuária
 22/10 - Renda da produção agrícola e pecuária de MS deve crescer 2,47%
 22/10 - Chuvas devem atingir áreas agrícolas do país entre 27 e 31 de outubro, diz Somar
 22/10 - Brazil waits on better prices to export more sugar
 22/10 - Milho é aposta para o setor de etanol
 22/10 - Setembro fechou com alta
 23/10 - Cresce número de usinas com safra encerrada no Centro-Sul do País
 23/10 - Tempo seco favorece colheita e promove morte súbita da safra 2014/15
 23/10 - Novozymes fará enzima para etanol 2G no Brasil
 23/10 - Raízen começa a produzir etanol 2G em novembro
 23/10 - Brasil dobrará importações de etanol na safra 2014/15, prevê Datagro
 23/10 - Odebrecht Agroindustrial prevê para 2016 primeira planta de etanol celulósico
 23/10 - Abastecer com álcool fica mais caro outra vez
 23/10 - Banco prevê queda de custo para produtores no quarto trimestre
 23/10 - Estimativa de quebra de safra faz preços do açúcar se valorizarem
 22/10 - Governo já recebeu resultados de testes sobre aumento da mistura, diz Arnaldo Jardim
 22/10 - Bagaço de cana-de-açúcar gera economia de 7% em usinas hidrelétricas
 22/10 - Mistura de etanol na gasolina deve subir para 27% em 2015
 22/10 - Safra de cana deve ficar em 544 mi de t no Centro-Sul, prevê Canaplan
 22/10 - Presidente da Siamig destaca importância do incentivo ao etanol hidratado
 22/10 - Raízen: Usina Costa Pinto começa a produzir etanol de 2ª geração em novembro
A UDOP

• Associadas
• Associe-se
• Estrutura Administrativa
• Nossa História
• Missão, Visão e Objetivos
• Medalha da Agroenergia
• Serviços Prestados
• Vídeo Institucional
• Apoio Cultural
• Contatos
Institucional

• Comitês de Gestão
• Convênios e Parcerias
• Legislação
• Sustentabilidade
UniUDOP

• A UniUDOP
• Agenda
• Aulas/Palestras
• Comitês de Gestão
• Congresso Nacional da Bioenergia
• Pós-Graduação
• Qualifica
• Apoio Cultural
Imprensa

• Agência UDOP de Notícias
• Editorias
• Galerias
• Mídias Sociais
• RSS
• TV UDOP
• Apoio Cultural
• Contatos
Dados de Mercado

• Boletins
• Comércio Exterior
• Consecana
• Cotações
• Indicador - Açúcar
• Indicador - Etanol
• Produção Brasileira
Serviços

• Biblioteca Virtual
• Bolsa de Empregos
• Bolsa de Negócios
• Calendário de Eventos
• Guia de Empresas
• Índice Pluviométrico
• Pesquisas UDOP
• Previsão do Tempo
• Usinas/Destilarias
Mapas

• Usinas/Destilarias
• Bacias Hidrográficas
UDOP - União dos Produtores de Bioenergia
Praça João Pessoa, 26 - Centro - 16.010-450 - Araçatuba/SP - tel/fax: +55 (18) 2103-0528

2012 - Todos os direitos reservados
Desenvolvimento:
/