Domingo, 19 de fevereiro de 2017
:
EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Com a palavra... | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia
Energia | Espaço Datagro | Etanol | Investing.com | Investing.com Internacionais | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Cana-de-açúcar Aumentar a letra    Diminuir a letra
Coruripe prevê reduzir alavancagem em 2016/17 para menos de 2 vezes  

19/10/2016 - A Usina Coruripe, grupo sucroenergético com quatro usinas em Minas Gerais e uma em Alagoas, prevê reduzir o nível de alavancagem de 2,5 vezes para menos de 2 vezes até o término da atual safra, em março, podendo diminuí-lo para 1,5 vez até a temporada 2018/19. A projeção foi apresentada nesta terça-feira, 18, pelo diretor-presidente da companhia, Jucelino Sousa, que acrescentou que a dívida líquida da empresa deve fechar o ciclo vigente em R$ 1,9 bilhão. "A ordem no setor é desalavancar", comentou nos bastidores da 16º Conferência Internacional Datagro sobre Açúcar e Etanol, em São Paulo.

Conforme o executivo, a redução no nível de alavancagem deve-se, sobretudo, à maior receita advinda com a comercialização de produtos, em especial açúcar, cujas cotações na Bolsa de Nova York avançaram mais de 50% neste ano. Segundo ele, a Usina Coruripe já fixou 40% dos preços da commodity a ser vendida na próxima safra, a um valor médio de R$ 1.600 por tonelada. Há um ano, a fixação estava em patamar semelhante, mas com cotação média de R$ 1.300 por tonelada. "Já fixamos 40% e podemos avançar um pouco mais. O preço está bastante remunerador, e o momento é de ter disciplina orçamentária", disse.

A Usina Coruripe deve moer na atual safra cerca de 14,6 milhões de toneladas de cana, próximo do limite de capacidade. Com mix de produção voltado ao açúcar (75%), a empresa prevê produzir 1 milhão de toneladas do alimento, 10% mais que em 2015/16.

Sousa avalia que o processamento da Usina Coruripe no próximo ano ficará próximo do registrado nesta safra, mas dependerá menos de cana bisada. Devido às condições climáticas, a companhia deve deixar em pé no campo aproximadamente 500 mil toneladas de matéria-prima para ser colhida em 2017, menos que o 1,3 milhão de toneladas que sobraram de 2015 para 2016. "Tínhamos expectativa de sobra, mas vimos, agora, uma quebra abrupta de produtividade", disse.

Por fim, Sousa afirmou que a Usina Coruripe intensificou neste ano a renovação de canaviais, como "medida de segurança", atingindo 14% da área. Em anos anteriores, o plantio foi menor porque o rendimento das plantações era elevado, de mais de 100 toneladas por hectare, e dispensava investimentos maiores em renovação, explicou.

18/10/16
Fonte: Estadão Conteúdo
Texto extraído do Portal Faesp/Senar
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
17/02/17 - Cana: Cofco Agri estima queda de 3% na safra no Centro-Sul
  - ONS aumenta previsão de carga para o mês de fevereiro
  - CEEE-D estima economia média de 5,1% da demanda com o horário de verão
  - Novos horizontes comerciais para o bagaço
  - Aliança: produção mundial de etanol deve atingir quase 100 bilhões de litros
  - 2017 será ano de inflexão para o Brasil e PIB vai voltar a crescer, diz Santander
  - Goiás lança programa de estímulo à energia solar fotovoltaica
  - China lidera exportação agrícola de Ribeirão Preto pelo segundo ano
  - Entidades do Conselho do Agro debatem comunicação do setor
  - ATR SP: Preços no acumulado sobem 0,87% em janeiro
  - Preços do açúcar voltam a cair nos mercados internacionais
  - Cosan segue com visão positiva sobre preços de açúcar e etanol em 2017/18
11/01/17 - Usina Coruripe quebra mais um recorde de segurança
19/12/16 - Usina Coruripe encerra moagem em MG com crescimento de 2,1%
26/10/16 - Usina Coruripe está entre as Melhores Empresas na Gestão de Pessoas do Brasil
25/10/16 - Usina Coruripe está entre as Melhores Empresas na Gestão de Pessoas do Brasil
20/10/16 - Boa notícia em Alagoas: Usina Guaxuma é arrendada pelo consórcio Coruripe e Granbio e voltará a moer
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
Coruripe prevê reduzir alavancagem em 2016/17 para menos de 2 vezes
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário:
 
Se não consegue ler a palavra, clique aqui.
Digite a palavra:
 
A UDOP

• Associadas
• Associe-se
• Estrutura Administrativa
• Nossa História
• Missão, Visão e Objetivos
• Medalha da Agroenergia
• Serviços Prestados
• Vídeo Institucional
• Apoio Cultural
• Contatos
Institucional

• Comitês de Gestão
• Convênios e Parcerias
• Legislação
• Sustentabilidade
UniUDOP

• A UniUDOP
• Agenda
• Aulas/Palestras
• Comitês de Gestão
• Congresso Nacional da Bioenergia
• Pós-Graduação
• Qualifica
• Seminário/Workshop
• Apoio Cultural
Imprensa

• Agência UDOP de Notícias
• Últimas Notícias
• Galerias de Fotos
• Mídias Sociais
• RSS
• TV UDOP
• Apoio Cultural
• Contatos
Dados de Mercado

• Boletins
• Comércio Exterior
• Consecana
• Cotações
• Indicador - Açúcar
• Indicador - Etanol
• Produção Brasileira
Serviços

• Biblioteca Virtual
• Bolsa de Empregos
• Bolsa de Negócios
• Calendário de Eventos
• Guia de Empresas
• Índice Pluviométrico
• Pesquisas UDOP
• Previsão do Tempo
• Usinas/Destilarias
Mapas

• Usinas/Destilarias
• Bacias Hidrográficas
UDOP - União dos Produtores de Bioenergia
Praça João Pessoa, 26 - Centro - 16.010-450 - Araçatuba/SP - tel/fax: +55 (18) 2103-0528

2012 - Todos os direitos reservados
Desenvolvimento:
/