Sexta-feira, 20 de julho de 2018
:
EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia
Energia | Espaço Datagro | Etanol | Fórum de Articulistas | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Etanol Aumentar a letra    Diminuir a letra
Etanol de milho de MT pode ter efeito de política para sustentar preços, diz Maggi  

11/08/2017 - Novas usinas de etanol de milho em Mato Grosso, semelhantes a uma unidade inaugurada nesta sexta-feira no principal Estado produtor de grãos do Brasil, teriam efeitos semelhantes às políticas para sustentação de preços do cereal aplicadas pelo governo, na medida em que geram nova demanda, afirmou o ministro da Agricultura, Blairo Maggi.

Ao lado do presidente Michel Temer, Maggi participou nesta sexta-feira da inauguração da primeira usina de etanol exclusivamente de milho do Brasil, em Lucas do Rio Verde (MT), com capacidade de processamento de 600 mil toneladas do cereal por ano, para produção de até 240 milhões de litros do biocombustível.

"Se tivermos dez plantas iguais a essa, vamos tirar 6 milhões de toneladas do mercado, é praticamente o que o governo ajuda todos os anos", afirmou o ministro durante discurso na cerimônia de inauguração, referindo-se ao volume que o governo tem apoiado com os mecanismos de sustentação de preços.

Neste ano, o governo já apoiou com os leilões de prêmio (PEP e Pepro) para subvenção ao transporte de milho cerca de 7,5 milhões de toneladas do grão brasileiro, sendo a maior parte para o Mato Grosso, diante da safra recorde.

O Ministério da Agricultura anunciou em abril aportes de 800 milhões de reais para sustentar os preços do milho, principalmente de Mato Grosso, em programas que estão em desenvolvimento, como os leilões de prêmio.

Entretanto, com a produção abundante e alguns problemas como déficit de armazenagem, os preços pagos aos agricultores seguem enfraquecidos no Brasil.

Se a grande oferta enfraquece os preços do cereal, ela favorece a competitividade do etanol de milho, em um país que tradicionalmente sempre produziu o biocombustível a partir da cana, historicamente considerada uma matéria-prima mais competitiva.

Com uma demanda adicional gerada pela produção de etanol de milho no Estado, o governo poderia reduzir gastos com programas de garantia do preço mínimo, indicou Maggi.

Joint venture entre a Fiagril Participações e a gestora norte-americana Summit Agricultural Group, a unidade de etanol de milho da FS Bioenergia recebeu investimento de 450 milhões de reais e deverá aproveitar a grande produção do cereal em Mato Grosso.

Além da produção de etanol, a unidade ainda terá potencial para produzir anualmente até 186 mil toneladas de farelo de milho (DDG), sendo 125 mil toneladas de farelo com alto teor de fibra e 61 mil toneladas de farelo com alto teor de proteína.

Essa produção de farelo para alimentação animal também foi destacada pelo ministro, como fator de agregação de valor à produção agrícola local.


Exportação de etanol


Durante a cerimônia, o presidente da FS Bioenergia, Henrique Ubrig, indicou que o projeto de etanol de milho --que segue os padrões dos Estados Unidos (os maiores produtores)-- pode levar o produto para mercados fora do Mato Grosso, como o Norte/Nordeste brasileiro, à medida que novas unidades possam ser implementadas.

"Seremos uma opção de encurtar o caminho... saindo de Lucas do Rio Verde para esses mercados que vêm sendo atendidos pelo etanol norte-americano", afirmou ele, acrescentando que talvez dezenas de unidades do gênero sejam implantadas no Brasil.

Ele disse ainda que está sendo organizada uma associação do setor para fomentar a produção do biocombustível de milho.

Roberto Samora
Fonte: Reuters
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
20/07/18 - Dólar despenca e tem maior queda semanal em 5 meses, abaixo de R$3,80
  - Agronegócio é o setor mais impactado pelo tabelamento de fretes, diz Cepea
  - Imea revisa projeção da safra de milho no MT
  - Milho: Mercado inicia pregão desta 6ª feira em alta e estende ganhos dos últimos dias na CBOT
  - Colheita de milho no centro-sul do Brasil avança para 36% da área, diz AgRural
  - Sem consenso, acordo entre Mercosul e UE terá nova etapa de negociação
  - GSA pede o fim de subsídios ao açúcar na Índia e no Paquistão
  - Prévia da inflação desacelera em julho com folga em preços de alimentos
  - Seca acende alerta para safras de cana e café do Brasil em 2019
  - Setor de combustíveis vê aspectos positivos em decisão da ANP sobre preços
  - Cresce emprego formal nas usinas, diz Cepea
  - Projeções de Longo Prazo Continuam Favoráveis ao Agro Brasileiro
  - Ibovespa sobe numa reação positiva à aliança do Centrão com Alckmin
  - Comercialização da safra de soja na Argentina atinge 72% da produção estimada
19/07/18 - USDA diz que registro de vendas de milho e trigo dos EUA à Argentina está incorreto
  - Commodities podem ter retomada mais consistente no último trimestre de 2018
17/07/18 - Usina do interior de SP (Clealco) é a primeira vítima da crise do setor sucronergético em 2018
  - Comunicado - Pedido de Recuperação Judicial da Clealco e Controladas
16/07/18 - Safra curta e seca deixam usinas no dilema de segurar etanol à espera de melhores preços ou jogar
  cana para março/19
  - Etanol: hidratado recua 0,58% e anidro cai 0,12% nas usinas
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
Etanol de milho de MT pode ter efeito de política para sustentar preços, diz Maggi
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário:
 
 
A UDOP

• Associadas
• Associe-se
• Estrutura Administrativa
• Nossa História
• Missão, Visão e Objetivos
• Troféu da Agroenergia
• Serviços Prestados
• Vídeo Institucional
• Apoio Cultural
• Contatos
Institucional

• Comitês de Gestão
• Convênios e Parcerias
• Legislação
• Sustentabilidade
UniUDOP

• A UniUDOP
• Agenda
• Aulas/Palestras
• Comitês de Gestão
• Congresso Nacional da Bioenergia
• Pós-Graduação
• Qualifica
• Seminário/Workshop
• Apoio Cultural
Imprensa

• Agência UDOP de Notícias
• Últimas Notícias
• Fórum de Articulistas
• Galerias de Fotos
• Mídias Sociais
• RSS
• TV UDOP
• Apoio Cultural
• Contatos
Dados de Mercado

• Boletins
• Comércio Exterior
• Consecana
• Cotações
• Indicador - Açúcar
• Indicador - Etanol
• Produção Brasileira
Serviços

• Biblioteca Virtual
• Bolsa de Empregos
• Bolsa de Negócios
• Calendário de Eventos
• Guia de Empresas
• Índice Pluviométrico
• Pesquisas UDOP
• Previsão do Tempo
• Usinas/Destilarias
Mapas

• Usinas/Destilarias
• Bacias Hidrográficas
UDOP - União dos Produtores de Bioenergia
Praça João Pessoa, 26 - Centro - 16.010-450 - Araçatuba/SP - tel/fax: +55 (18) 2103-0528

2012 - Todos os direitos reservados
Desenvolvimento:
/