Sbado, 16 de fevereiro de 2019
:
EDITORIAS
Agncia UDOP | Acar | Biodiesel | Cana-de-Acar | Combustveis Fsseis | Diversas | Economia
Energia | Espao Datagro | Etanol | Frum de Articulistas | Opinio | TV UDOP | ltimas Notcias
Diversas Aumentar a letra    Diminuir a letra
Aprovao do RenovaBio vai ser "virada de mesa" para o setor  

24/11/2017 - A deciso da Cmara dos Deputados, nesta semana, de aprovar o regime de urgncia para votar, at o dia 6 de dezembro, o Projeto de Lei 9086/17, do deputado Evandro Gussi (PV-SP), que cria a Poltica Nacional de Biocombustveis, o RenovaBio, sinaliza a retomada to esperada pelo setor, com impactos importantes para a economia nacional. A anlise do engenheiro de produo e consultor da Dedini Indstrias de Base, Jos Luiz Olivrio.

Protocolado no ltimo dia 14 de novembro, o projeto define as normas de incentivo produo de combustveis renovveis no Brasil. Entre seus objetivos esto o cumprimento das metas do Acordo do Clima de Paris e o aumento da participao desse tipo de combustvel na matriz energtica nacional.

"O RenovaBio indutor do papel dos biocombustveis na poltica energtica brasileira. Acredito que o projeto vai passar porque foi objeto de ampla discusso envolvendo todos os setores: governo, sociedade, entidades civis. Sua aprovao garantir a to necessria previsibilidade para a retomada dos investimentos, com o crescimento da produo dos biocombustveis, sem a dependncia de subsdios do governo e de renncia fiscal", explica.

Para Olivrio, o RenovaBio surge como uma espcie de luz no fim do tnel, chega com a urgncia necessria a um pas que precisa de alternativas de recuperao econmica, e que deixou em segundo plano o seu grande trunfo.

E ele sabe muito bem o que diz. Foi vice-presidente de tecnologia e desenvolvimento do Grupo Dedini e acompanhou o Prolcool desde o seu nascimento, at cada uma das fases vividas pelo programa, boas e muito ruins. Ao ponto de ter sido um dos colaboradores do livro Prolcool 40 anos, lanado em novembro do ano passado pela Fapesp (Fundao de Amparo Pesquisa do Estado de So Paulo).

"A previsibilidade oferecida pela definio da poltica vai garantir a reao do setor, que desde 2011 mantm praticamente a mesma capacidade de produo, mas sem investimentos. Com o RenovaBio, as regras estaro definidas e ns, da indstria de equipamentos, vamos poder fazer planos e, junto com os nossos clientes, definir as necessidades da indstria sucroenergtica para poder atend-la."

Depois da aprovao do Projeto de Lei 9086/17 pela Cmara e pelo Senado, vai ser necessria sua regulamentao, ou seja, o detalhamento de toda a Poltica Nacional de Biocombustveis, que deve ser feito ao longo de 2018, com previso de implantao em 2019 e plena aplicao at 2020, o que, segundo Olivrio, garantir flego para a retomada da produo e do crescimento.

A Dedini est otimista pela aprovao do RenovaBio. A empresa, segundo seu consultor, vem acompanhando de perto as discusses e est ciente das mudanas rpidas no cenrio j em 2018, o que motivar os clientes a fazer planos para a expanso das usinas, j contratando projetos de aumento da capacidade de produo.

"Acreditamos que em meados de 2019 j estaremos em negociaes para a construo de usinas completas, as `Greenfield ou chave na mo", projeta.

Para o engenheiro, o mais importante vai ser o movimento de reao da economia, com gerao de emprego e renda, e a retomada da pujana das indstrias de equipamentos, com destaque para os tradicionais polos de Piracicaba - onde est a sede da Dedini - Sertozinho e Ribeiro Preto, e para as novas fronteiras.

COP - A aprovao da Poltica Nacional de Biocombustveis tambm pode aliviar a imagem que o Brasil deixou na 23 Conferncia do Clima das Naes Unidas (COP23), encerrada no ltimo dia 17 de novembro em Bonn, na Alemanha. O pas ganhou um raro e merecido Fssil do Dia pelos subsdios trilionrios propostos ao pr-sal.

"Ao mesmo tempo que deixou a desejar na conferncia, o Brasil se ofereceu para sediar a COP25, em 2019, o que vai coincidir com a plena vigncia do RenovaBio e pode ser uma chance para o pas reinserir o clima em sua agenda de desenvolvimento", diz Olivrio.

Fonte: Assessoria de Comunicao da Dedini
Notcias de outros veculos so oferecidas como mera prestao de servio
e no refletem necessariamente a viso da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notcias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notcias Relacionadas
15/02/19 - Vendas de carros caem 4,6% na Europa em janeiro
  - IEA: soja supera milho em rea plantada em So Paulo
  - USDA informa venda de mais de 205 mil t de milho para destinos no revelados
  - Acar bruto recua 14 pontos em Nova York
  - Com palhada segurando o pouco de umidade e solo melhor estruturado, condies da cana sob seca
  poderiam ser mitigadas
  - Usinas de MS j moeram 46,8 milhes de toneladas de cana e processamento deve superar o da safra
  passada
  - Safras faz leve corte em estimativa para soja no Brasil e v melhora climtica
  - Plantio de milho na Argentina concludo
  - Safra de milho no Rio Grande do Sul j foi 39% colhida
  - Safras corta levemente estimativa para soja do Brasil com tempo mais favorvel
  - Economia do Brasil perde fora no 4 tri mas termina 2018 com expanso de 1,15%, mostra BC
  - Prvia do PIB do Banco Central indica que economia brasileira cresceu 1,15% em 2018
  - Dlar recua ante real aps detalhes sobre proposta da Previdncia e com Bebbiano no radar
  - Valor da produo agropecuria cai 1,1% com perda de R$ 5,995 bi
14/02/19 - Exportaes do agro registram queda de 26% em SP
  - Etanol de milho avana
  - ANP desiste de impor frmula de formao de preo dos combustveis
  - Reunio sobre IFRS 16 Leasing (PCC 06 R2) ser realizada em fevereiro
  - Cmara deve apreciar urgncia de projeto que recria subsdio de energia para agronegcio
  - Acar fecha em alta na bolsa de Nova York; contratos em Londres fecham mistos
  - Arrecadao de ICMS acelera com avano do comrcio e combustveis
13/02/19 - Exportao do agro em janeiro crescem 7,4% para US$ 6,63 bi
  - Evandro Gussi assume Unica e destaca foco em "regras claras" e RenovaBio
  - Unica aprova Evandro Gussi como novo presidente
12/02/19 - Exportaes brasileiras do agro registram crescimento de 7%
06/02/19 - Estudo da EPE v biocombustveis como fundamentais na era de transio para a eletromobilidade
30/01/19 - UE aceita usar soja dos EUA em biocombustveis at 2021
29/01/19 - Soja: UE aceita usar oleaginosa dos EUA em biocombustveis at 2021
25/01/19 - Renovabio integra prioridades da nova gesto do MME
23/01/19 - A transparncia de preos dos combustveis controversa, diz Adriano Pires
Para enviar a notcia, basta preencher o formulrio abaixo.
Todos os campos so de preenchimento obrigatrio!
 
Aprovao do RenovaBio vai ser "virada de mesa" para o setor
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatrio:
E-mail destinatrio:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentrio:
 
 
A UDOP

• Associadas
• Associe-se
• Estrutura Administrativa
• Nossa Histria
• Misso, Viso e Objetivos
• Trofu da Agroenergia
• Serviços Prestados
• Vídeo Institucional
• Contatos
Institucional

• Comits de Gesto
• Convênios e Parcerias
• Legislação
• Sustentabilidade
UniUDOP

• A UniUDOP
• Comits de Gesto
• Congresso Nacional da Bioenergia
• Frum de Implementao Tecnolgica
• Pós-Graduação
• Qualifica
• Seminrio UDOP de Inovao
Imprensa

• Agncia UDOP de Notcias
• ltimas Notcias
• Frum de Articulistas
• Galerias de Fotos
• Mdias Sociais
• RSS
• TV UDOP
• Apoio Cultural
• Contatos
Dados de Mercado

• Boletins
• Comércio Exterior
• Consecana
• Cotações
• Indicador - Açúcar
• Indicador - Etanol
• Produo Brasileira
Servios

• Biblioteca Virtual
• Bolsa de Empregos
• Bolsa de Negócios
• Calendrio de Eventos
• Guia de Empresas
• ndice Pluviomtrico
• Pesquisas UDOP
• Previso do Tempo
• Usinas/Destilarias
Mapas

• Usinas/Destilarias
• Bacias Hidrogrficas
UDOP - União dos Produtores de Bioenergia
Praça João Pessoa, 26 - Centro - 16.010-450 - Araçatuba/SP - tel/fax: +55 (18) 2103-0528

2012 - Todos os direitos reservados

POLÍTICAS DE PRIVACIDADE
Desenvolvimento:
/