Sexta-feira, 15 de dezembro de 2017
:
EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia | Energia | Espaço Datagro
Etanol | Fórum de Articulistas | Investing.com | Investing.com Internacionais | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Agência UDOP Aumentar a letra    Diminuir a letra
Arnaldo Jardim defende urgência na aprovação do RenovaBio em carta ao Senado Federal  

07/12/2017 - Em ofício encaminhado na última terça-feira (5) à mesa diretora do Senado Federal, o secretário de Agricultura do estado de São Paulo, deputado federal licenciado, Arnaldo Jardim, defendeu que o os senadores possam votar, em caráter de urgência, o projeto de Lei da Câmara (PLC) 160/2017, que dispõe sobre a Política Nacional de Biocombustíveis, o RenovaBio. O projeto já foi aprovado pela Câmara dos Deputados e seguiu para análise do Senado.

Segundo Arnaldo Jardim, "chegamos a um momento crucial para os biocombustíveis no Brasil. É urgente transformar o RenovaBio em realidade. É preciso acompanhar a evolução mundial em busca de uma economia verde, de forma definitiva estabelecer as diretrizes dos biocombustíveis na matriz energética brasileira", destacou.

O secretário enalteceu, ainda, que além de valorizar os biocombustíveis, redutores de emissões de gases de efeito estufa, o Programa cria uma política de descarbonização do transporte e contribui para a implementação dos compromissos que o Brasil assumiu no Acordo de Paris (COP-21).

"Para o setor sucroenergético, essa política pública deverá destravar os investimentos em capacidade produtiva, chegando em 2030 com 54 bilhões de litros de etanol, quase que o dobro produzido hoje. Junto às metas dos outros biocombustíveis, como biodiesel, bioquerosene e biogás, o Brasil terá em sua matriz energética 18% de participação de renováveis", enumerou o deputado licenciado no ofício.

Arnaldo Jardim ainda destacou que como resultado da implantação do RenovaBio, depois de aprovado, "o setor deverá investir US$ 40 bilhões em capacidade, tecnologia e produção e empregar mais de 750 mil pessoas, promovendo a redução de emissões estimada em 571 milhões de toneladas de CO2eq., volume equivalente a três vezes o total emitido pelo desmatamento de florestas no Brasil de 2014 a 2030".

"É fundamental o apoio ao Programa. Não se trata de subsídios, mas sim de uma política baseada em emissões que impulsionará o avanço da indústria. É por meio de mecanismos claros e previsíveis que poderemos retomar o crescimento", argumentou o secretário de Agricultura de São Paulo.

Jardim encerra argumentando, "como secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, que tem na cana-de-açúcar um de seus principais produtos agrícolas, destaco o potencial que o RenovaBio apresenta para o território paulista. Na safra 2015/2016, nosso Estado foi responsável por 52,2% da produção brasileira da cana-de-açúcar (438,7 milhões de toneladas); 48,5% da produção nacional de etanol (28 bilhões de litros) e 63,6% da produção nacional de açúcar (33,5 milhões de toneladas)".

"O Programa RenovaBio representa vanguarda na matriz energética, ganhos ambientais, sociais e econômicos que se estendem por uma longa cadeia produtiva. É preciso assumir o protagonismo que o Brasil pode e deve ter na construção de Economia de Baixo Carbono", finalizou.

Rogério Mian
Fonte: Agência UDOP de Notícias
Copyright© 2008 - UDOP.
Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução, desde que citada a fonte.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
14/12/17 - Diana Bioenergia adere a plano de combate a incêndios
  - Petrobras reduz gasolina e diesel em 2% a partir de amanhã
  - Açúcar: preços fecham mistos no mercado futuro em Nova York e Londres
  - Sindaçúcar-PE divulga parcial da safra de cana em Pernambuco
  - Cana-de-açúcar: produção superou expectativas
13/12/17 - Grupo Atvos apresenta nova marca em jantar que reuniu autoridades
  - Nosso amanhã começou
  - Análise Datagro: Melhora do clima eleva ritmo na moagem de cana no Norte-Nordeste
  - São Martinho/Fábio Venturelli: Pela primeira vez, estamos com moagem acima de 22 mi de t
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
Arnaldo Jardim defende urgência na aprovação do RenovaBio em carta ao Senado Federal
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário:
 
 
A UDOP

• Associadas
• Associe-se
• Estrutura Administrativa
• Nossa História
• Missão, Visão e Objetivos
• Medalha da Agroenergia
• Serviços Prestados
• Vídeo Institucional
• Apoio Cultural
• Contatos
Institucional

• Comitês de Gestão
• Convênios e Parcerias
• Legislação
• Sustentabilidade
UniUDOP

• A UniUDOP
• Agenda
• Aulas/Palestras
• Comitês de Gestão
• Congresso Nacional da Bioenergia
• Pós-Graduação
• Qualifica
• Seminário/Workshop
• Apoio Cultural
Imprensa

• Agência UDOP de Notícias
• Últimas Notícias
• Fórum de Articulistas
• Galerias de Fotos
• Mídias Sociais
• RSS
• TV UDOP
• Apoio Cultural
• Contatos
Dados de Mercado

• Boletins
• Comércio Exterior
• Consecana
• Cotações
• Indicador - Açúcar
• Indicador - Etanol
• Produção Brasileira
Serviços

• Biblioteca Virtual
• Bolsa de Empregos
• Bolsa de Negócios
• Calendário de Eventos
• Guia de Empresas
• Índice Pluviométrico
• Pesquisas UDOP
• Previsão do Tempo
• Usinas/Destilarias
Mapas

• Usinas/Destilarias
• Bacias Hidrográficas
UDOP - União dos Produtores de Bioenergia
Praça João Pessoa, 26 - Centro - 16.010-450 - Araçatuba/SP - tel/fax: +55 (18) 2103-0528

2012 - Todos os direitos reservados
Desenvolvimento:
/