Sbado, 16 de fevereiro de 2019
:
EDITORIAS
Agncia UDOP | Acar | Biodiesel | Cana-de-Acar | Combustveis Fsseis | Diversas | Economia
Energia | Espao Datagro | Etanol | Frum de Articulistas | Opinio | TV UDOP | ltimas Notcias
Etanol Aumentar a letra    Diminuir a letra
Trump cogita elevar a mistura de etanol na gasolina nos EUA  

13/04/2018 - O horizonte turbulento que a indstria americana de etanol vislumbrava para este ano poder mudar da gua para o vinho. Em breve declarao imprensa ontem, o presidente americano Donald Trump disse que "provavelmente" autorizar a venda de gasolina misturada com 15% de etanol durante o ano inteiro nos EUA.

Se confirmada, a medida abrir indstria de etanol daquele pas um mercado consumidor do tamanho do brasileiro e elevar a demanda dessa indstria por milho (matria-prima para a produo do etanol no pas), alterando a competitividade dos EUA no comrcio global do biocombustvel - ainda que no no curto prazo. Essa indicao vem na contramo dos sinais dados nos ltimos meses pelas autoridades americanas, que vinham reduzindo as perspectivas de apoio ao Programa de Combustveis Renovveis (RFS).

Atualmente, os postos americanos vendem gasolina com at 10% de etanol misturado (E10). Normalmente no o fazem, mas podem at vender com uma mistura de 15% - menos no vero, por causa da maior volatilidade do combustvel sob altas temperaturas - o que, para defensores da indstria do petrleo, prejudica os motores.

"Ns vamos trabalhar em algo durante esse perodo de transio, que no fcil, muito complicado", afirmou Trump. A curta declarao, porm, no ofereceu mais detalhes sobre os prximos passos do governo. Ainda no est claro se essa autorizao teria que passar pelo crivo da Agncia de Proteo Ambiental (EPA), que neste governo tem provocado a ira do setor de biocombustveis do pas.

A permisso para a venda do E15 o ano todo abriria para as usinas americanas um mercado potencial de 26 bilhes de litros, segundo Plnio Nastari, presidente da consultoria Datagro. Esse volume adicional equivale a todo o etanol (hidratado e anidro) vendido pelas usinas da regio Centro-Sul do Brasil na safra passada (2017/18).

Para Nastari, uma mudana dessa magnitude mudaria "totalmente" o mercado mundial de etanol, j que os EUA so, j h anos, os maiores exportadores. "Isso tira boa parte da presso que o excedente exportvel americano coloca no mercado mundial, inclusive para destinos como o Brasil."

Desde 2013, os EUA vm aumentando suas exportaes de etanol e tomaram o lugar do Brasil na liderana desse comrcio. No ano passado, 67% do etanol exportado no mundo era americano, segundo a Datagro. Quatro anos antes, essa participao era de 63%. O espao foi conquistado s custas da queda das exportaes brasileiras, que em 2017 representaram apenas 19% dos embarques globais.

O excedente de produo nos EUA, que no ano passado foi de 5 bilhes de litros, garantido justamente pelas limitaes ao aumento da mistura na gasolina, observa Joo Paulo Botelho, analista da consultoria INTL FCStone.

Mas foi por causa do preo do milho que os EUA abocanharam mercados pelo mundo. Nos ltimos anos, grandes safras nas Amricas do Norte e do Sul derrubaram o preo do gro a tal nvel que conferiram competitividade indstria americana de etanol, j que o milho responde por 90% do custo de produo, lembra Nastari.

Antes da declarao de Trump, Geoff Cooper, vice-presidente executivo da Associao de Combustveis Renovveis (RFA), disse ao Valor que o setor continuaria aumentando suas exportaes neste ano. A associao previa embarques entre 5,3 milhes e 6,1 milhes de litros de etanol em 2017, ante 5 milhes no ano passado.

A avaliao era que, sem alterao na mistura, o etanol adicional iria para "algum mercado". "Certamente o mercado de exportao importante para isso", disse.

Apesar da guerra comercial travada com a China, Cooper ressaltou que o etanol americano tem outros mercados para elevar as exportaes: Canad, Mxico, ndia e Filipinas. Ele considerava que poderia haver um "pequeno aumento" dos embarques ao Brasil, dada a demanda esperada para este ano no pas.

A autorizao para o E15 nos EUA, porm, pode impactar os preos do milho e, consequentemente, a competitividade do etanol americano. Na safra atual, as destilarias dos EUA devem adquirir 141,6 milhes de toneladas, segundo o Departamento de Agricultura do pas (USDA), ou 38% da safra americana. Se toda a gasolina vendida nos EUA passar a ter 15% de etanol, a indstria teria de comprar mais de 200 milhes de toneladas por ano.

Apesar do horizonte que se abre, a concretizao de toda essa demanda no garantida. Botelho, da FCStone, diz que levaria um tempo para que distribuidores, postos e consumidores se adaptassem ao novo limite. Nastari avalia que "cedo" para traar estimativas, mas acredita que "os EUA no vo sair do mercado global".

Neste ano, a indstria americana de etanol vem recebendo ms notcias para seus negcios, como a alta de 10,8% dos preos futuros do milho na bolsa de Chicago desde o incio do ano, ou o benefcio conquistado por vrias refinarias junto EPA para no cumprir os mandatos de mistura previstos no RFS.

Se essa conjuntura se mantiver e no houver autorizao para o E15, a sada mais provvel para o setor apostar no mercado externo e, no limite, reduzir a oferta interna, segundo Cooper, da RFA. "As margens ainda esto positivas para a maior parte da indstria, mas no muito. Se virmos mais aumento nos preos do milho ou queda do etanol, podemos ver alguma reduo na produo".

Fonte: Valor Econmico
Texto extrado do clipping da SCA
Notcias de outros veculos so oferecidas como mera prestao de servio
e no refletem necessariamente a viso da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notcias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notcias Relacionadas
15/02/19 - Valor da produo agropecuria cai 1,1% com perda de R$ 5,995 bi
  - Milho: Leves altas seguem aparecendo nos preos internacionais nesta sexta-feira
  - Milho: Preos internacionais abrem a sexta-feira com leves altas, prximas da estabilidade
  - Soja tem leve alta em Chicago nesta 6 feira se recompondo depois das mnimas em 3 semanas
  - Bolsas asiticas fecham em baixa com preocupao sobre economia dos EUA
  - Acar bruto recua 14 pontos em Nova York
14/02/19 - ANP desiste de impor frmula de formao de preo dos combustveis
  - Etanol de milho avana
  - Arrecadao de ICMS acelera com avano do comrcio e combustveis
  - Acar fecha em alta na bolsa de Nova York; contratos em Londres fecham mistos
12/02/19 - Petrobras eleva em 1,01% preo mdio da gasolina nas refinarias, para R$ 1,5232
07/02/19 - Petrobras mantm preo mdio da gasolina nas refinarias em R$ 1,5079 nesta sexta
05/02/19 - Meirelles:reduo de ICMS sobre querosene no para competir com outros Estados
Para enviar a notcia, basta preencher o formulrio abaixo.
Todos os campos so de preenchimento obrigatrio!
 
Trump cogita elevar a mistura de etanol na gasolina nos EUA
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatrio:
E-mail destinatrio:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentrio:
 
 
A UDOP

• Associadas
• Associe-se
• Estrutura Administrativa
• Nossa Histria
• Misso, Viso e Objetivos
• Trofu da Agroenergia
• Serviços Prestados
• Vídeo Institucional
• Contatos
Institucional

• Comits de Gesto
• Convênios e Parcerias
• Legislação
• Sustentabilidade
UniUDOP

• A UniUDOP
• Comits de Gesto
• Congresso Nacional da Bioenergia
• Frum de Implementao Tecnolgica
• Pós-Graduação
• Qualifica
• Seminrio UDOP de Inovao
Imprensa

• Agncia UDOP de Notcias
• ltimas Notcias
• Frum de Articulistas
• Galerias de Fotos
• Mdias Sociais
• RSS
• TV UDOP
• Apoio Cultural
• Contatos
Dados de Mercado

• Boletins
• Comércio Exterior
• Consecana
• Cotações
• Indicador - Açúcar
• Indicador - Etanol
• Produo Brasileira
Servios

• Biblioteca Virtual
• Bolsa de Empregos
• Bolsa de Negócios
• Calendrio de Eventos
• Guia de Empresas
• ndice Pluviomtrico
• Pesquisas UDOP
• Previso do Tempo
• Usinas/Destilarias
Mapas

• Usinas/Destilarias
• Bacias Hidrogrficas
UDOP - União dos Produtores de Bioenergia
Praça João Pessoa, 26 - Centro - 16.010-450 - Araçatuba/SP - tel/fax: +55 (18) 2103-0528

2012 - Todos os direitos reservados

POLÍTICAS DE PRIVACIDADE
Desenvolvimento:
/