Segunda-feira, 18 de maro de 2019
:
EDITORIAS
Agncia UDOP | Acar | Biodiesel | Cana-de-Acar | Combustveis Fsseis | Diversas | Economia
Energia | Espao Datagro | Etanol | Frum de Articulistas | Opinio | TV UDOP | ltimas Notcias
Combustveis Fsseis Aumentar a letra    Diminuir a letra
Gasolina da Petrobras volta a cair; mercado v margens melhores na distribuio  

13/11/2018 - O preo mdio da gasolina nas refinarias da Petrobras voltar a cair na tera-feira, ao menor nvel desde o incio de abril, enquanto as frequentes redues nos valores nas ltimas semanas no esto sendo repassadas para as bombas, o que indica que distribuidores e revendendores esto recompondo margens.

Conforme a petroleira, o valor do combustvel fssil diminuir 0,71 por cento em suas refinarias frente o praticado nesta segunda-feira.

Em novembro, a gasolina da Petrobras j acumula queda de quase 11 por cento. Em relao s mximas vistas em meados de setembro, o tombo de 26,2 por cento.

Os sucessivos cortes da Petrobras seguem-se ao enfraquecimento do dlar ante o real e das referncias internacionais do petrleo, fatores utilizados pela companhia em sua sistemtica de reajustes dirios.

Nos postos, contudo, o movimento bem mais tmido. Nas ltimas duas semanas, o recuo foi de 1,4 por cento, para 4,658 reais por litro, praticamente estvel ante o observado em setembro, de acordo com dados da Agncia Nacional do Petrleo, Gs Natural e Biocombustveis (ANP).

"S em novembro, o preo da gasolina caiu mais ou menos 20 centavos nas refinarias. Considerando-se fatores tcnicos, de mistura (de etanol anidro), a queda nos postos deveria ser de 14 centavos", calculou Bruno Valncio, diretor da consultoria especializada em combustveis Valncio.

"Existe uma possibilidade de essa reduo (nas refinarias) ter virado margem para as distribuidoras", avaliou.

Na mesma linha, o diretor da comercializadora Bioagncia, Tarcilo Rodrigues, tambm disse que "o momento de recomposio de margem da cadeia".

"A cadeia est tentando segurar essa descida (da gasolina) com o objetivo de recompor margem, tanto a revenda (posto) quanto a distribuio", afirmou, ressaltando que o valor do etanol anidro, misturado ao derivado do petrleo, no est exercendo influncia por ora.

"Embora a participao seja de 27 por cento na base (da gasolina), o etanol anidro tambm est em queda."

Com efeito, monitoramento do Centro de Estudos Avanados em Economia Aplicada (Cepea), da Esalq/USP, mostra que o preo do biocombustvel nas usinas de So Paulo, referncia para o pas, caiu 4,5 por cento nas ltimas duas semanas, embora esteja 3,6 por cento acima do alcanado em meados de setembro.


Outro lado

Procurada pela Reuters, a Fecombustveis, que representa os interesses de cerca de 40 mil postos revendedores de combustveis do pas, disse que o repasse do menor custo nas refinarias "no acontece na mesma velocidade e proporo nas bombas" devido ao funcionamento da cadeia de combustveis.

"Pelas regras atuais, os postos no podem comprar gasolina e diesel direto das refinarias, compram apenas das companhias distribuidoras, que so responsveis por toda a logstica do abastecimento nacional em todos os estados brasileiros... Os preos da revenda esto ligados diretamente aos preos das companhias distribuidoras, ou seja, se elas reduzirem, os postos, consequentemente, tambm repassam a reduo", afirmou a entidade, em nota.

"Vale destacar que os preos dos combustveis so livres em todos os segmentos. A Fecombustveis no interfere no mercado. Cabe a cada posto revendedor decidir se ir repassar ou no as quedas ao consumidor, de acordo com suas estruturas de custo", acrescentou.

Tambm procurada, a Plural, associao que responde pelas distribuidoras, afirmou que "cada litro de gasolina, etanol ou diesel vendido no pas tem seu preo composto por cinco parcelas distintas", sendo estas de custo de produo, de logstica, de tributos federais, de tributo estadual e de margem dos distribuidores e dos revendedores.

"A exemplo da gasolina, apenas duas dessas variveis, custo do produto e tributos, so responsveis por mais de 80 por cento do preo final, e a margem mdia dos distribuidores representa menos de 5 por cento", afirmou a Plural, citando informaes da ANP e do Ministrio de Minas e Energia.

Conforme a Plural, vrios desses custos registraram aumento nos ltimos meses.

No caso do ICMS, por exemplo, disse a associao, cada Estado tem sua prpria alquota e seu preo de pauta, que divulgado a cada 15 dias.

Nos ltimos 11 meses o aumento acumulado na mdia Brasil do ICMS da gasolina foi de 14 por cento, segundo a Plural.

Atualmente, a reguladora ANP realiza uma consulta pblica sobre transparncia dos preos dos combustveis nos postos. A expectativa concluir a regulamentao disso ainda neste ano.

12/11/18
Por Jos Roberto Gomes; Edio de Roberto Samora

Fonte: Reuters
Notcias de outros veculos so oferecidas como mera prestao de servio
e no refletem necessariamente a viso da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notcias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notcias Relacionadas
18/03/19 - Petrobras eleva em 0,5% preo mdio da gasolina nas refinarias nesta tera-feira
15/03/19 - Petrobras pode desinvestir US$ 10 bi nos primeiros 4 meses do ano, diz CEO
  - Petrobras reajusta gasolina em 1,5% na refinaria; alta na semana de 5,5%
14/03/19 - Petrobras eleva GLP industrial e comercial em 6% a partir de quinta-feira
  - ANP: etanol segue competitivo com gasolina em apenas quatro estados brasileiros
  - ANP: gasolina sobe em 25 estados; valor mdio avana 0,59% no pas
  - Petrobras eleva em 1,5% preo mdio da gasolina nas refinarias nesta quinta-feira
13/03/19 - Gasolina sobe 1,1% nos postos de combustvel, primeira alta do ano, diz Fipe
12/03/19 - Petrobras anuncia aumento de 1,47% no valor mdio da gasolina nas refinarias
Para enviar a notcia, basta preencher o formulrio abaixo.
Todos os campos so de preenchimento obrigatrio!
 
Gasolina da Petrobras volta a cair; mercado v margens melhores na distribuio
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatrio:
E-mail destinatrio:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentrio:
 
 
A UDOP

• Associadas
• Associe-se
• Estrutura Administrativa
• Nossa Histria
• Misso, Viso e Objetivos
• Trofu da Agroenergia
• Serviços Prestados
• Vídeo Institucional
• Contatos
Institucional

• Comits de Gesto
• Convênios e Parcerias
• Legislação
• Sustentabilidade
UniUDOP

• A UniUDOP
• Comits de Gesto
• Congresso Nacional da Bioenergia
• Frum de Implementao Tecnolgica
• Pós-Graduação
• Qualifica
• Seminrio UDOP de Inovao
Imprensa

• Agncia UDOP de Notcias
• ltimas Notcias
• Frum de Articulistas
• Galerias de Fotos
• Mdias Sociais
• RSS
• TV UDOP
• Apoio Cultural
• Contatos
Dados de Mercado

• Boletins
• Comércio Exterior
• Consecana
• Cotações
• Indicador - Açúcar
• Indicador - Etanol
• Produo Brasileira
Servios

• Biblioteca Virtual
• Bolsa de Empregos
• Bolsa de Negócios
• Calendrio de Eventos
• Guia de Empresas
• ndice Pluviomtrico
• Pesquisas UDOP
• Previso do Tempo
• Usinas/Destilarias
Mapas

• Usinas/Destilarias
• Bacias Hidrogrficas
UDOP - União dos Produtores de Bioenergia
Praça João Pessoa, 26 - Centro - 16.010-450 - Araçatuba/SP - tel/fax: +55 (18) 2103-0528

2012 - Todos os direitos reservados

POLÍTICAS DE PRIVACIDADE
Desenvolvimento:
/