Quarta-feira, 26 de junho de 2019
:
EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia
Energia | Espaço Datagro | Etanol | Fórum de Articulistas | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Economia Aumentar a letra    Diminuir a letra
Ibovespa recua com cautela sobre Previdência apesar de parecer favorável na CCJ  

10/04/2019 - A bolsa paulista mostrava leve queda nesta quarta-feira, ainda em movimento de cautela em relação à Previdência mesmo após parecer favorável do relator na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara na véspera, enquanto Wall Street operava sem uma direção única.

Às 11:59, o Ibovespa caía 0,41 por cento, a 95.894,84 pontos. O volume financeiro era de 4,5 bilhões de reais.

O relator da reforma da Previdência na CCJ, Delegado Marcelo Freitas (PSL-MG), apresentou na terça-feira parecer pela admissibilidade da proposta, mas recomendou que sejam feitos "ajustes" na técnica legislativa e pediu que o mérito seja analisado com "profundidade" para verificar a "conveniência" e a "justiça" das novas regras.

"Essa notícia mostra que o cronograma de andamento da reforma está no prazo, apesar da pressão da oposição. Porém, a cautela persiste por ainda não termos nada definido", afirmou o analista Victor Beyruti, da Guide Investimentos.

Ele acrescentou que ainda há incertezas sobre o quanto o texto que altera as regras das aposentadorias dos brasileiros pode ser desidratado durante o trâmite no Legislativo e que isso acaba refletindo nos mercados.

Após a agitada sessão na CCJ, o texto voltará a ser debatido a partir da próxima segunda-feira, com expectativa que seja votado até 17 de abril.

No cenário externo, Wall Street tinha o S&P 500 e o Nasdaq em alta, mas o Dow em baixa, após uma série de sessões marcadas pelas incertezas comerciais e temores sobre o crescimento global, com investidores aguardando a divulgação da ata da última reunião do Federal Reserve e atentos ao começo da temporada de balanços.


Destaques

- EDP BRASIL desvalorizava-se 3,41 por cento, figurando entre as maiores quedas do Ibovespa, tendo no radar que o JPMorgan cortou a recomendação das ações da companhia para "neutra" de "overweight", embora tenha elevado o preço-alvo das ações para 45 reais, de 37 reais antes.

- CSN recuava 2,69 por cento, em meio a ajustes conforme o papel acumulava até a véspera valorização de 89 por cento até a véspera. A companhia anunciou reabertura de bônus para 2023 e oferta de novo bônus de 7 anos com possibilidade de resgate pelo emissor a partir de três anos (7NC3), de acordo com informações do IFR, da Refinitv.

- PETROBRAS PN perdia 0,79 por cento e PETROBRAS ON caía 0,4 por cento, apesar de o Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) ter aprovado na véspera o valor de 9,058 bilhões de dólares a ser pago à estatal como parte da conclusão da renegociação do contrato da cessão onerosa. A Petrobras está preparando a venda de mais três gasodutos depois de levantar 8,6 bilhões de dólares com o repasse do controle da TAG à francesa Engie, disseram três fontes com conhecimento do assunto à Reuters.

- VALE recuava 0,25 por cento, em sessão com queda dos preços do minério na China. O JPMorgan elevou a previsão para o preço do minério de ferro em 2019 em 12 por cento, para 87 dólares por tonelada, e em 2020 em 5 por cento, para 74 dólares, destacando que as cotações podem tocar os 92 dólares ao longo do terceiro trimestre.

- CEMIG PN subia 3,77 por cento, tendo de pano de fundo noticiário de que sua controlada Renova Energia fechou acordo com a AES Tietê para venda da totalidade do Complexo Eólico Alto Sertão III. O JPMorgan elevou a recomendação das ações da Cemig para ´overweight´, com preço-alvo de 16 reais.

- GOL PN valorizava-se 3,59 por cento, após ter encerrado na véspera em seu menor patamar de fechamento desde 29 de janeiro. Na terça-feira, a companhia aérea divulgou previsão de margem operacional Ebit de 16 a 17 por cento no primeiro trimestre de 2019, de acordo com dados preliminares e não auditados divulgados.

- ELETROBRAS PNB avançava 2,37 por cento, um dia depois de encerrar em seu menor valor de fechamento desde 8 de março.

Stefani Inouye
Fonte: Reuters
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
25/06/19 - Produção industrial sobe em maio, mostra pesquisa da CNI
  - Energia elétrica sobe 0,64% no IPCA-15 junho
  - Brasil pode propor novas regras para subsídios agrícolas na OMC, diz porta-voz
  - Produtor do BR segura novas vendas de soja diante de safra incerta nos EUA
  - Energia tem maior impacto em habitação no IPCA-15 de junho
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
Ibovespa recua com cautela sobre Previdência apesar de parecer favorável na CCJ
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário:
 
 
A UDOP

• Associadas
• Associe-se
• Estrutura Administrativa
• Nossa História
• Missão, Visão e Objetivos
• Troféu da Agroenergia
• Serviços Prestados
• Vídeo Institucional
• Contatos
Institucional

• Comitês de Gestão
• Convênios e Parcerias
• Legislação
• Sustentabilidade
UniUDOP

• A UniUDOP
• Congresso Nacional da Bioenergia
• Fórum de Implementação Tecnológica
• Pós-Graduação
• Qualifica
• Seminário UDOP de Inovação
Imprensa

• Agência UDOP de Notícias
• Últimas Notícias
• Fórum de Articulistas
• Galerias de Fotos
• Mídias Sociais
• RSS
• TV UDOP
• Apoio Cultural
• Contatos
Dados de Mercado

• Boletins
• Comércio Exterior
• Consecana
• Cotações
• Indicador - Açúcar
• Indicador - Etanol
• Produção Brasileira
Serviços

• Biblioteca Virtual
• Bolsa de Empregos
• Bolsa de Negócios
• Calendário de Eventos
• Guia de Empresas
• Índice Pluviométrico
• Pesquisas UDOP
• Previsão do Tempo
• Usinas/Destilarias
Mapas

• Usinas/Destilarias
• Bacias Hidrográficas
UDOP - União dos Produtores de Bioenergia
Praça João Pessoa, 26 - Centro - 16.010-450 - Araçatuba/SP - tel/fax: +55 (18) 2103-0528

2012 - Todos os direitos reservados

POLÍTICAS DE PRIVACIDADE
Desenvolvimento:
/