UDOP - União Nacional da Bioenergia
EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia
Energia | Espaço Datagro | Etanol | Fórum de Articulistas | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Energia Aumentar a letra    Diminuir a letra
Fábrica na Alemanha usa energia solar e poupa 630 toneladas de poluentes  

17/05/2019 - A suíça ABB agora tem um fábrica neutra em emissões de CO2 na Alemanha. Ela utiliza eneegia solar na sua subsidiária em Busch-Jaeger, localizada em Luedenscheid. Por ano, a fábrica deixará de emitir 630 toneladas de CO2, estima a empresa.

Em dias ensolarados, a ABB poderá cobrir 100% das necessidades de energia na unidade.

"O sistema fotovoltaico é parte de uma solução que cobre todos os aspectos da produção e distribuição de energia, possibilitando a geração de energia suficiente para cobrir, em dias ensolarados, 100% de suas necessidades de energia", diz, em nota a EXAME, Tarak Mehta, presidente do setor de eletrificação da ABB. Todos os componentes do sistema, chamado Optimax, estarão conectados e poderão ser controlados digitalmente.

Depois de captada, a energia também é armazenada em baterias da própria ABB, que têm capacidade de 275 kWh.

Com 3.500 metros quadrados, o sistema de energia solar fornecerá 1.100 MWh de energia por ano. Para efeito de comparação, o número é o equivalente ao fornecimento de energia a 340 casas por um ano. A energia excedente será usada para alimentar a rede pública da região. Para picos de uso de energia, a ABB conta com uma aliança com a MVV Energie AG, produtora de energia alemã, que garante 100% de produção neutra em CO2.

A nova unidade levou dois anos para ser construída e faz parte do projeto de redução de emissão de poluentes da companhia. Em 2018, mais da metade das receitas mundiais da ABB vieram de tecnologias que buscam combater a poluição e causas de mudanças climáticas. A meta declarada da empresa é elevar o número de 57% registrado em 2018 para 60% em 2020.

Segundo previsão da Agência Internacional de Energia, a capacidade de geração de energia solsr passará de 97 GW em 2017 para 600 GW em 2023. Essa energia será a mais popular entre as demais energias limpas, que, somadas, terão capacidade de 1 TW em 2023.

16/05/19
Lucas Agrela
Fonte: Portal Exame
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
16/09/19 - Toyota está testando carros movidos por energia solar
12/09/19 - Caso de amor da França com energia nuclear começa a azedar
04/09/19 - Engie prevê que metade de seus novos projetos renováveis virão de contratos privados
22/08/19 - Bioenergia pode ajudar a mitigar as mudanças climáticas, reconhece IPCC
  - Mapas interativos mostram potencial de geração de energia do biogás em SP
15/08/19 - Complexos de energia solar serão inaugurados em duas cidades do interior de SP
  - GM quer que até 2050 a energia que consome seja 100% renovável
31/07/19 - Leilão português de energia solar quebra recorde mundial, diz secretário
  - PR: geração de energia solar cresce mais de 900%
23/07/19 - Cemig agenda novo leilão para contratar energia de usinas eólicas e solares
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
Fábrica na Alemanha usa energia solar e poupa 630 toneladas de poluentes
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário: