UDOP - União Nacional da Bioenergia

FALTAM APENAS

DIAS

HORAS

MINUTOS

SEGUNDOS

PARA O EVENTO MAIS INOVADOR DO SETOR

FALTAM APENAS

DIAS

HORAS

MINUTOS

SEGUNDOS

PARA O EVENTO MAIS INOVADOR DO SETOR

EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia
Energia | Espaço Datagro | Etanol | Fórum de Articulistas | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Combustíveis Fósseis Aumentar a letra    Diminuir a letra
Petróleo fecha sem direção única após sinais de que Opep+ pode estender cortes  

20/05/2019 - Os contratos futuros de petróleo fecharam em direções mistas nesta segunda-feira, 20, em que o fator de maior impacto sobre os preços foi a expectativa de que o grupo formado pela Organização de Países Exportadores de Petróleo (Opep) com aliados, conhecido como Opep+, estenda a duração do seu acordo de cortes de produção para além de junho, que é o atual mês de expiração.

Na New York Mercantile Exchange (Nymex), o barril do petróleo WTI para entrega em junho fechou em alta de 0,54%, cotado a US$ 63,10. Já na Intercontinental Exchange (ICE), o barril do Brent para julho registrou recuo de 0,33%, para US$ 71,97.

Durante a madrugada desta segunda-feira, ambos os contratos mais líquidos do óleo bruto operavam em alta, reagindo às sinalizações por representantes dos países que integram o Opep+ de que renovariam o seu trato para respeitar cotas individuais máximas de produção, estendendo o entendimento segundo semestre adentro.

A Capital Economics adverte, contudo, a não dar a decisão de prolongar o entendimento como certa, uma vez que tensões geopolíticas emanadas dos Estados Unidos rumo ao Irã e à Venezuela aumenta a "complexidade enfrentada pela Opep ao fazer o seu próximo movimento".

O economista assistente de commodities da consultoria britânica Kieran Clancy pondera que, "enquanto certamente é possível que os cortes sejam estendidos de alguma forma na próxima reunião da Opep, pensamos ser improvável que haja muita justificativa para manter a cota de produção total no nível atual".

Nicholas Shores
Fonte: Estadão Conteúdo
Texto extraído do portal Terra
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
21/10/19 - Petróleo fecha em queda com dado fraco de crescimento na China
  - Governo cria grupo para avaliar exploração de petróleo além-mar do Brasil
18/10/19 - Petróleo fecha em queda, de olho em sinais da demanda após dados da China
  - Produção de petróleo da Petrobras no Brasil cresce 16,9% no 3º tri
17/10/19 - Petróleo fecha em alta com dólar e Brexit; aumento de estoques contém ganhos
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
Petróleo fecha sem direção única após sinais de que Opep+ pode estender cortes
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário: