Quarta-feira, 17 de julho de 2019
:
EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia
Energia | Espaço Datagro | Etanol | Fórum de Articulistas | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Diversas Aumentar a letra    Diminuir a letra
Puxada pelo milho, safra deve bater novo recorde  

12/06/2019 - A produção brasileira de grãos deve atingir o recorde de 238,9 milhões de toneladas no ano safra 2018/2019, um crescimento de 4,9%, em comparação com a safra de 2017/18, segundo o levantamento da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Se confirmado, o resultado supera em cerca de 100 mil toneladas a safra de 2016/17, a maior já colhida pelo País até então.

O IBGE também reviu para cima a projeção para a safra brasileira de 2019, estimando que totalize 234,7 milhões de toneladas, resultado apenas 3,7 milhões aquém do recorde obtido em 2017.

A diferença de estimativas tem explicação no uso de metodologias distintas. O IBGE trabalha com anos civis (anos cheios), enquanto a Conab pesquisa o ano-safra (que vai de abril até março do ano seguinte). O IBGE também investiga culturas que não integram as pesquisas da Conab.

No entanto, em ambos os casos, o avanço da safra atual será puxado pela produção de milho.

O clima no Centro-Oeste, grande região produtora de grãos, deve ser favorável à colheita de milho e algodão nos próximos dias, já que são previstas poucas chuvas, de acordo com o superintendente de Informações do Agronegócio da Conab, Cleverton Santana.

"Em outras regiões onde ocorre plantio, deve haver volume considerável de chuva, que favorece o desenvolvimento das culturas", disse Santana.

A safra total de milho deve alcançar 97 milhões de toneladas, um aumento de 20% em comparação com o ano anterior, segundo a Conab. O aumento absoluto na área plantada do milho nesta safra foi ainda maior do que o da soja, que costuma ser o carro-chefe na produção nacional de grãos. A Conab prevê ainda exportação recorde de milho, de 32 milhões de toneladas.

"A produção agrícola aumentando, a oferta aumentando, isso tudo é sempre positivo internamente, porque diminuiu pressões altistas sobre custos de produtores de animais. Sem contar que a produção aumentando é faturamento crescendo junto, o que beneficia o PIB , a balança comercial, as transações correntes", enumerou Marcel Caparoz, economista da RC Consultores.


Preço

Produtor de milho há 20 anos, o agricultor Paulo Manoel da Siqueira, de 42 anos, dono da Fazenda São José, em Capela do Alto, interior de São Paulo, não consegue disfarçar o sorriso. Apesar da previsão de uma segunda safra altamente produtiva, para ele uma das melhores dos últimos dez anos, o preço do milho continua bom. "Hoje está a R$ 35 a saca, mas a tendência é de alta. A safra dos EUA teve problemas climáticos, com excesso de chuvas e atraso no plantio. A queda de produção lá refletiu no preço aqui."

Siqueira dará sua contribuição para os bons números da segunda safra do milho (safrinha). Ele espera colher média de 150 sacas por hectare em 200 hectares cultivados. "Este ano as chuvas foram regulares no ciclo todo, mesmo agora, no outono. Ano passado foi muito seco e, mesmo irrigando uma parte consegui média de apenas 100 sacas por hectare."

Mesmo considerando que o preço de 2018 estava melhor, devido à quebra da segunda safra de milho pela seca - ele vendeu à média de R$ 40 a saca - o resultado financeiro este ano será melhor. A receita bruta com o milho deve passar de R$ 1 milhão. Em 2018, mesmo com o preço mais alto, a renda bruta ficou em R$ 800 mil. Devido à irrigação, o custo também foi mais alto. Ele tem ainda um custo adicional: 60% da área de cultivo são de terras arrendadas, despesa que pesa mais em safra ruim.

Daniela Amorim, Augusto Decker e José Maria Tomazela
Fonte: O Estado de S. Paulo
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
17/07/19 - Com grãos ardidos, alguns produtores de Diamantino/MT podem colher menos milho do que venderam
  antecipadamente
  - Estudo aponta que variedades precoces da soja são mais produtivas
  - Colheita da 2a. safra de milho no PR chega a 58% da área
  - USP imputa aos agrotóxicos a encarnação do mal sobre a Terra, analisa Xico Graziano
  - AEB vê alta no preço de importantes commodities do Brasil no 2º semestre
  - Soja: Atraso das lavouras nos EUA, câmbio e frete travam vendas da safra nova do BR
  - Após quedas consecutivas, mercado do milho opera com altas na manhã desta 4ª feira na CBOT
  - Soja tem estabilidade em Chicago nesta 4ª feira após consecutivas baixas fortes
  - Soja fecha com baixas de dois dígitos pelo 2º pregão consecutiva em Chicago nesta 3ª
  - Com previsões climáticas favoráveis nos EUA, mercado do milho finaliza a pregão nesta 3ª feira em
  campo negativo na CBOT
16/07/19 - Produtores goianos avaliam riscos e oportunidades de antecipar semeadura da soja
  - Milho: Mercado segue recuando na sessão desta 3ª feira na Bolsa de Chicago
  - FCStone eleva projeção de safra total de milho do Brasil em 2018/19 para 99,7 mi t
12/07/19 - Grãos/CNA: safra 2018/19 pode superar estimativa da Conab e chegar a R$ 244 milhões de t
11/07/19 - USDA estima safra de milho do Brasil em 2018/19 em 101 mi t; vê soja em 117 mi t
  - USDA reduz safra de soja em 8 mi de t nos EUA e aumenta números do milho
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
Puxada pelo milho, safra deve bater novo recorde
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário:
 
 
A UDOP

• Associadas
• Associe-se
• Estrutura Administrativa
• Nossa História
• Missão, Visão e Objetivos
• Troféu da Agroenergia
• Serviços Prestados
• Vídeo Institucional
• Contatos
Institucional

• Comitês de Gestão
• Convênios e Parcerias
• Legislação
• Sustentabilidade
UniUDOP

• A UniUDOP
• Congresso Nacional da Bioenergia
• Fórum de Implementação Tecnológica
• Pós-Graduação
• Qualifica
• Seminário UDOP de Inovação
Imprensa

• Agência UDOP de Notícias
• Últimas Notícias
• Fórum de Articulistas
• Galerias de Fotos
• Mídias Sociais
• RSS
• TV UDOP
• Apoio Cultural
• Contatos
Dados de Mercado

• Boletins
• Comércio Exterior
• Consecana
• Cotações
• Indicador - Açúcar
• Indicador - Etanol
• Produção Brasileira
Serviços

• Biblioteca Virtual
• Bolsa de Empregos
• Bolsa de Negócios
• Calendário de Eventos
• Guia de Empresas
• Índice Pluviométrico
• Pesquisas UDOP
• Previsão do Tempo
• Usinas/Destilarias
Mapas

• Usinas/Destilarias
• Bacias Hidrográficas
UDOP - União dos Produtores de Bioenergia
Praça João Pessoa, 26 - Centro - 16.010-450 - Araçatuba/SP - tel/fax: +55 (18) 2103-0528

2012 - Todos os direitos reservados

POLÍTICAS DE PRIVACIDADE
Desenvolvimento:
/