UDOP - União Nacional da Bioenergia

FALTAM APENAS

DIAS

HORAS

MINUTOS

SEGUNDOS

PARA O EVENTO MAIS INOVADOR DO SETOR

FALTAM APENAS

DIAS

HORAS

MINUTOS

SEGUNDOS

PARA O EVENTO MAIS INOVADOR DO SETOR

EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia
Energia | Espaço Datagro | Etanol | Fórum de Articulistas | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Economia Aumentar a letra    Diminuir a letra
Superávit do agronegócio paulista recua 23,6% no acumulado do ano  

26/06/2019 - Nos primeiros cinco meses de 2019, as exportações do Estado de São Paulo somaram US$ 20,02 bilhões (21,6% do total nacional) e as importações US$ 24,62 bilhões (34,8% do total nacional), registrando déficit comercial de US$ 4,60 bilhões, informa a Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo por meio do Instituto de Economia Agrícola (IEA). No mesmo período, o agronegócio apresentou exportações US$ 5,83 bilhões (-17,5%) e importações de US$ 2,08 bilhões (-3.7%), registrando dessa forma superávit de US$ 3,75 bilhões (-23,6%), em relação a 2018.

Os cinco principais grupos nas exportações do agronegócio paulista foram: complexo sucroalcooleiro (US$ 1,4 bilhão, sendo que desse total o açúcar representou 83,4% e o álcool 16,6%), complexo soja (US$ 826,85 milhões), carnes (US$ 755,00 milhões), produtos florestais (US$ 744,49 milhões) e sucos (US$ 634,79 milhões, dos quais 96,9% referentes a sucos de laranja). Esses cinco agregados representaram 74,9% das vendas externas setoriais paulistas, afirmam Carlos Nabil Ghobril, José Alberto Angelo e Marli Dias Mascarenhas de Oliveira, pesquisadores do IEA, ressaltando que o déficit do comércio exterior paulista só não foi maior devido ao desempenho do agronegócio estadual.


Balança Comercial do Brasil

A balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 22,11 bilhões nos primeiros cinco meses de 2019, com exportações de US$ 92,85 bilhões e importações de US$ 70,74 bilhões. Na análise setorial, as exportações do agronegócio apresentaram pequena redução (-1,2%), em relação ao mesmo período do ano anterior, alcançando US$ 39,82 bilhões (42,9% do total nacional). Já as importações se mantiveram praticamente estáveis (-0,3%), registrando US$ 5,97 bilhões (8,4% do total nacional). O superávit do agronegócio foi de US$ 33,85 bilhões, sendo 1,4% inferior na comparação com o mesmo período de 2018.

Os cinco principais grupos nas exportações do agronegócio brasileiro foram: complexo soja (US$ 15,98 bilhões), produtos florestais (US$ 6,15 bilhões, carnes (US$ 6,10 bilhões), café (US$2,20 bilhões) e complexo sucroalcooleiro (US$ 2,14 bilhões, dos quais 87,6% de açúcar). Esses cinco grupos agregados representaram 80,8% das vendas externas setoriais brasileiras.

Fonte: Datagro
Texto extraído do portal Universoagro
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
19/11/19 - SP é único estado com queda do desemprego no 3º trimestre, diz IBGE
  - Dólar opera em alta após recorde de fechamento na véspera e chega a R$ 4,21
  - Dólar sobe a R$ 4,20, o maior valor de fechamento da história
  - Pecuária do Brasil crescerá 7% em 2019 com impulso da China e sustenta PIB agro
  - PIB-Agro: Pecuária mantém em alta PIB do agronegócio em agosto
  - Comunicação no Agro
12/11/19 - Faturamento com exportações do agronegócio cai 4% no acumulado do ano
11/11/19 - Exportações do agronegócio são recordes, mas faturamento cai
  - Secretário do Mapa anuncia mudanças na Conab e na Embrapa
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
Superávit do agronegócio paulista recua 23,6% no acumulado do ano
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário: