UDOP - União Nacional da Bioenergia
EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia
Energia | Espaço Datagro | Etanol | Fórum de Articulistas | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Cana-de-açúcar Aumentar a letra    Diminuir a letra
Biomassa da cana representa 62% de toda a cogeração feita no País  

13/08/2019 - 62% é quanto representa a cogeração da biomassa da cana-de-açúcar de todo o volume cogerado no País.

Em resumo, a cogeração existente no País é de 18,5 gigawatts (GW).

A biomassa da cana supera o gás natural, que representa 17% da cogeração existente.

Por sua vez, o licor negro totaliza 14% da cogeração.

As informações refletem a produção em julho de 201 e são do DataCogen.


O que é DataCogen?

DataCogen é relatório mensal produzido pela Associação da Indústria de Cogeração de Energia (Cogen).

Segundo o relatório, o único projeto adicionado em julho foi de cogeração a partir do biogás de resíduos sólidos.

Esse projeto foi implantado em Seropédica (RJ).

E resultou em um acréscimo de 18 MW.

O incremento total em 2019 foi de 142,2 MW.

De acordo com o DataCogen, 75 MW correspondem a ampliações de capacidade instalada.

Em 2018, o incremento total foi de 215,5 MW.

?No setor, podemos ter incremento caso o Ministério de Minas e Energia acolha proposta para alterar a portaria 564/2014?, afirma o presidente da Cogen, Newton Duarte.

A portaria, diz, possibilita que uma ampliação de garantia física declarada passe a valer de imediato, nesse primeiro ano, pelas usinas que tiveram ganho de eficiência.

Outrossim, ou que tenham capacidade de comprar bagaço adicional de cana.


Geração pode ser impulsionada em 10%

A proposta foi apresentada em maio pela Cogen em conjunto com a União da Indústria da Cana-de-Açúcar (UNICA) e Associação Brasileira dos Comercializadores de Energia (Abraceel).

Aliás, a estimativa é que a alteração na portaria poderia impulsionar a geração em até 10% no período da safra (de abril a novembro).

Por sua vez, isso contribuiria para a poupança de cerca de dois pontos percentuais dos reservatórios das hidrelétricas no Sudeste/Centro-Oeste na temporada mais seca.

?De seu lado, esse mecanismo já foi utilizado e a Agência Nacional de Energia Elétrica e a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica veem com naturalidade.?

?Hoje, com a judicialização do GSF, não há sentido que as usinas invistam em comprar bagaço para gerar além da garantia física?, emenda.

Enfim, isso ocorre uma vez que elas precisam vender o excedente pelo Preço de Liquidação de Diferenças (PLD) e não vêm recebendo esses valores.

?Contudo, com a ampliação da Garantia Física, essa energia seria negociada no mercado livre e monetizada de imediato?, observa Newton Duarte.

Fonte: Jornal Cana
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
18/10/19 - LNBR divulga 44ª edição do Boletim de Monitoramento da cana-de-açúcar em São Paulo e Goiás
  - Mato Grosso do Sul moerá menos cana na entressafra e já acumula 86,6% de etanol produzido
17/10/19 - Grupo Santa Terezinha inaugura moderno Centro de Produção de Mudas de Cana-de-açúcar
  - Cientistas desenvolvem proteína contra doença da cana-de-açúcar
16/10/19 - Com setembro mais seco, usinas aceleram moagem de cana-de-açúcar em MS
10/10/19 - Bioeletricidade gera 2,5 vezes mais que carvão mineral, mas acumulado cai em relação a 2018
09/08/19 - Com etanol e açúcar dando prejuízo, cogeração salva as usinas em 2018/19
21/06/19 - CTC celebra 50 anos de pioneirismo na pesquisa da cana-de-açúcar
27/05/19 - A bioletricidade e os leilões de energia
29/04/19 - Produção local de bioenergia é suficiente para abastecer MS
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
Biomassa da cana representa 62% de toda a cogeração feita no País
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário: