UDOP - União Nacional da Bioenergia

FALTAM APENAS

DIAS

HORAS

MINUTOS

SEGUNDOS

PARA O EVENTO MAIS INOVADOR DO SETOR

FALTAM APENAS

DIAS

HORAS

MINUTOS

SEGUNDOS

PARA O EVENTO MAIS INOVADOR DO SETOR

EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia
Energia | Espaço Datagro | Etanol | Fórum de Articulistas | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Combustíveis Fósseis Aumentar a letra    Diminuir a letra
Opep reduz previsão de demanda por petróleo em 2020 e pede esforço contra sobreoferta  

11/09/2019 - A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) reduziu nesta quarta-feira a projeção de crescimento da demanda mundial por petróleo em 2020 devido à desaceleração econômica, uma perspectiva que segundo o grupo de produtores evidencia a necessidade de seus atuais esforços para evitar uma nova situação de sobreoferta no mercado.

Em relatório mensal, a Opep disse que a demanda por petróleo deve crescer em 1,08 milhão de barris por dia, ou 60 mil a menos que a estimativa anterior, indicando que com isso o mercado teria um superávit.

A perspectiva mais fraca em meio à guerra comercial entre Estados Unidos e China e o Brexit pode pressionar a Opep e seus aliados a manter ou ajustar sua política de cortes de produção de petróleo. O Iraque disse que ministros discutirão na quinta-feira se cortes mais profundos serão necessários.

A Opep ainda reduziu no relatório sua projeção para o crescimento econômico global em 2020, para 3,1%, de 3,1% anteriormente, e disse que a expansão da demanda no próximo ano será superada pelo "forte crescimento" na produção de rivais como os Estados Unidos.

"Isso destaca a responsabilidade conjunta de todos países produtores em apoiar a estabilidade do mercado de petróleo para evitar uma indesejada volatilidade e um potencial recaída para um desequilíbrio no mercado", disse o documento.

A Opep, a Rússia e outros produtores estão desde 1° de janeiro implementando um acordo para reduzir produção em 1,2 milhão de bpd. A aliança, conhecida como Opep , renovou esse pacto em julho para até março de 2020.

O relatório disse ainda que os estoques de petróleo em países industrializados caíram em julho, o que em tese poderia aliviar preocupações da Opep com a sobreoferta. Mas, ainda assim, eles ficaram em 36 milhões de barris acima da média de cinco anos, uma referência que tem sido monitorada de perto pela Opep.

Alex Lawler
Fonte: Reuters
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
12/11/19 - Petrobras conclui deslistagem de suas ações na Argentina
11/11/19 - Irã anuncia descoberta de imenso campo de petróleo
08/11/19 - Petróleo ultrapassa US$ 62/barril com expectativas de acordo comercial EUA-China
07/11/19 - ANP diz que 6ª Rodada é início do fim do ciclo de grandes leilões do pré-sal
06/11/19 - Leilão do pré-sal frustra por atrair apenas Petrobras e chinesas, mas levanta R$70 bi
  - Leilão do pré-sal pode arrecadar R$ 106,5 bilhões
05/11/19 - Opep vê potencial de alta no mercado de petróleo em 2020
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
Opep reduz previsão de demanda por petróleo em 2020 e pede esforço contra sobreoferta
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário: