UDOP - União Nacional da Bioenergia
EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia
Energia | Espaço Datagro | Etanol | Fórum de Articulistas | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Economia Aumentar a letra    Diminuir a letra
Milho: Bolsa de Chicago cai até 1,60% nesta terça-feira e devolve ganhos da segunda  

18/09/2019 - A terça-feira (17) chega ao final com desvalorizações para os preços internacionais do milho futuro na Bolsa de Chicago (CBOT). As principais cotações registraram baixas entre 6,00 e 6,25 pontos.

O vencimento dezembro/19 foi cotado à US$ 3,68 com queda de 6 pontos, o março/20 valeu US$ 3,80 com perda de 6 pontos, o maio/20 foi negociado por US$ 3,88 com desvalorização de 6,25 pontos e o julho/20 teve valor de US$ 3,95 com baixa de 6,25 pontos.

Esses índices representaram valorizações, com relação ao fechamento da última segunda-feira, de 1,60% para o dezembro/19, 1,55% no março/20, de 1,52% para o maio/20 e de 1,50% para o julho/20.

Segundo informações da Agência Reuters, os futuros de milho nos Estados Unidos caíram na terça-feira pela primeira vez em quatro sessões em condições de cultivo melhores do que o esperado e à medida que os preços do petróleo, que alimentavam o comício da sessão anterior, recuavam.

"Ontem ficamos muito entusiasmados com os preços do petróleo subindo ao redor do mundo. Hoje, com o relaxamento do petróleo, nosso foco está de volta à colheita", disse Don Roose, presidente da US Commodities em West Des Moines, Iowa.

O USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) disse na segunda-feira que 55% do milho dos EUA estava em condições de bom a excelente, acima das expectativas dos analistas de 54%. "A colheita também está em andamento", destaca o analista de grãos Ben Potter.


Mercado Interno

No mercado físico brasileiro, a terça-feira registrou cotações permanecendo sem movimentações, em sua maioria. Em levantamento realizado pela equipe do Notícias Agrícolas, as únicas desvalorizações registradas aconteceram em São Gabriel do Oeste/MS (1,79% e preço de R$ 27,50), Alto Garças/MT (3,70% e preço de R$ 26,00), Itiquira/MT, Rondonópolis/MT e Primavera do Leste/MT (3,85% e preço de R$ 25,00).

Já as valorizações foram percebidas nas praças do Oeste da Bahia (0,79% e preço de R$ 32,00), Campinas/SP (1,32% e preço de R$ 38,42), Palma Sola/SC (1,54% e preço de R$ 33,00), Pato Branco/PR (1,74% e preço de R$ 29,20), Londrina/PR, Cascavel/PR e Ubiratã/PR (1,82% e preço de R$ 28,00), Tangará da Serra/MT (1,92% e preço de R$ 26,50) e Campo Novo do Parecis/MT (2,04% e preço de R$ 25,00).

A XP Investimentos divulgou nota apontando que, a dinâmica do mercado físico de milho permanece inalterada há quase um mês.

"De maneira geral, o fluxo de comercialização é baixo e compradores/vendedores vão se testando em preço. Nenhuma das partes possui um grande interesse/necessidade de concretizar os negócios e, assim, a comercialização em nível Brasil para. Importante citar que boa parte desses agentes acompanham fielmente as referências de Chicago e a taxa de câmbio para proxy de preço externo".

17/09/19
Guilherme Dorigatti
Fonte: Notícias Agrícolas
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
18/10/19 - Dólar opera em queda e é negociado abaixo de R$ 4,15
  - Milho: Sexta-feira começa com cotações em queda na Bolsa de Chicago
  - Soja mantém leves altas nesta 6ª feira e espera por novos números da demanda
  - PIB da China cresce 6,2% nos primeiros três trimestres
  - Soja fecha com leves altas em Chicago e acumula ganhos de mais de 3% nos últimos 30 dias
  - RS inicia o plantio da safra 2019/20 de soja
  - USDA: Vendas semanais de soja dos EUA ficam acima das expectativas do mercado
  - Plantio da safra de soja 2019/20 atinge 12,2% da área estimada, revela levantamento da DATAGRO
  - Plantio da safra 2019/20 de milho no RS atinge 68% da área
  - Clima e negociações comerciais atuam e milho sobe em Chicago nesta quinta-feira
17/10/19 - Milho segue valorizado na Bolsa de Chicago nesta quinta-feira
  - Milho fecha quarta-feira com perdas em Chicago, pressionadas pelo avanço da colheita
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
Milho: Bolsa de Chicago cai até 1,60% nesta terça-feira e devolve ganhos da segunda
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário: