UDOP - União Nacional da Bioenergia

FALTAM APENAS

DIAS

HORAS

MINUTOS

SEGUNDOS

PARA O EVENTO MAIS INOVADOR DO SETOR

FALTAM APENAS

DIAS

HORAS

MINUTOS

SEGUNDOS

PARA O EVENTO MAIS INOVADOR DO SETOR

EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia
Energia | Espaço Datagro | Etanol | Fórum de Articulistas | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Economia Aumentar a letra    Diminuir a letra
PIB do agronegócio cresce 0,64% no acumulado do ano  

16/10/2019 - O Produto Interno Bruto (PIB) do agronegócio teve crescimento de 0,64% no acumulado de janeiro a julho de 2019 em relação ao mesmo período do ano passado, segundo a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea).

O resultado foi impulsionado principalmente pelo segmento de insumos, com alta de 7,88% nos primeiros sete meses do ano. Agroindústria e serviços registraram expansão de 1,60% e 1,18%, respectivamente. O PIB da atividade primária (dentro da porteira) foi o único que recuou (-2,99%), segundo o boletim CNA/Cepea.

"O PIB do segmento primário se mantém pressionado por maiores custos de produção e menores preços de seus produtos", explicam CNA e Cepea por meio de Comunicado Técnico. Analisando o comportamento do PIB por ramo, a pecuária puxou o resultado do PIB para cima, com crescimento de 7,04% de janeiro a julho, com desempenho positivo em todos os elos da cadeia produtiva. Destaque para o segmento primário, com alta de 10,96%.

"Embora o segmento primário da pecuária também siga pressionado por elevados custos de produção, a alta dos preços dos seus produtos, aliado a um maior volume de produção, têm garantido expansão de 10,96% nos primeiros 7 meses do ano", explica o estudo técnico. Na agricultura, o resultado do PIB ficou negativo em 1,75% no acumulado deste ano. Apenas os insumos apresentaram resultado positivo, em razão do momento favorável para as indústrias de fertilizantes e defensivos.

Julho -- No mês de julho, o PIB do agronegócio teve variação de 0,12%. Tiveram elevações os segmentos de insumos (0,77%), agroindústria (0,36%) e agrosserviços (0,55%), enquanto o segmento primário apresentou recuo de 1,14%.

Fonte: Datagro
Texto extraído do portal Universoagro
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
19/11/19 - SP é único estado com queda do desemprego no 3º trimestre, diz IBGE
  - Dólar opera em alta após recorde de fechamento na véspera e chega a R$ 4,21
  - Dólar sobe a R$ 4,20, o maior valor de fechamento da história
  - Pecuária do Brasil crescerá 7% em 2019 com impulso da China e sustenta PIB agro
  - PIB-Agro: Pecuária mantém em alta PIB do agronegócio em agosto
  - Comunicação no Agro
12/11/19 - Faturamento com exportações do agronegócio cai 4% no acumulado do ano
11/11/19 - Exportações do agronegócio são recordes, mas faturamento cai
  - Secretário do Mapa anuncia mudanças na Conab e na Embrapa
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
PIB do agronegócio cresce 0,64% no acumulado do ano
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário: