UDOP - União Nacional da Bioenergia
EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia
Energia | Espaço Datagro | Etanol | Fórum de Articulistas | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Combustíveis Fósseis Aumentar a letra    Diminuir a letra
Preços do petróleo caem mais de 1% com incerteza em negociações comerciais  

19/11/2019 - Os preços do petróleo recuaram mais de 1% nesta segunda-feira, devolvendo grande parte dos ganhos da semana passada e acompanhando as quedas no mercado acionário dos Estados Unidos, devido à incerteza a respeito de um acordo comercial entre EUA e China.

Os contratos futuros do petróleo Brent fecharam a 62,44 dólares por barril, queda de 0,86 dólar, ou 1,4%. O petróleo dos EUA recuou 0,67 dólar, ou 1,2%, para 57,05 dólares o barril.

Na semana passada, ambos os valores de referência haviam registrado sua segunda semana consecutiva de ganhos, com o Brent avançando 1,3% e o WTI subindo 0,8%.

Os três principais índices de Wall Street também chegaram a recuar de suas máximas recordes da semana passada, após uma reportagem gerar preocupações de que um acordo comercial sino-americano possa não avançar, o que empurrou os preços do petróleo para baixo, segundo analistas.

Nesta segunda-feira, a CNBC informou, citando uma fonte no governo chinês, que o humor em Pequim sobre um acordo comercial é pessimista, devido à relutância do presidente norte-americano, Donald Trump, em retirar tarifas.

"O petróleo se tornou altamente reativo às direções para as quais os ventos sopram nas negociações comerciais (EUA-China). Quando ele hesita, os preços são punidos", disse John Kilduff, sócio da Again Capital. "E o vento contrário ao crescimento da demanda continua nos segurando."

18/11/19
Collin Eaton com reportagem adicional de Roslan Khasawneh e Dmitry Zhdannikov
Fonte: Reuters
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
11/12/19 - EUA devem se tornar exportador líquido de petróleo em 2020, diz AIE
  - Produção de petróleo da Venezuela em novembro tem maior nível desde aperto em sanções
10/12/19 - Petrobras vende campos terrestres na Bacia Potiguar por US$266 mi
09/12/19 - Opep e sócios vão reduzir produção em mais 500 mil barris diários
  - China amplia importações de petróleo, minério de ferro e cobre em novembro
06/12/19 - Arábia Saudita e Rússia ganham apoio para ampliar cortes na produção de petróleo
  - Opep+ decide cortar mais 500 mil bpd; nova reunião ocorrerá em março, dizem fontes
  - Preços do petróleo têm pouca alteração, apesar de plano da Opep para novos cortes
  - Opep e aliados chegam a acordo para aprofundar cortes de produção
05/12/19 - Estoques de petróleo dos EUA caem mais que o esperado, aponta DoE
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
Preços do petróleo caem mais de 1% com incerteza em negociações comerciais
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário: