Facebook
Instagram
Linkedin
Twitter
Youtube
Fale Conosco
Sindálcool-PB abraça a campanha #abasteçacometanol com divulgações no rádio
Publicado em 26/05/2020 às 14h18
O Sindicato da Indústria de Fabricação do Álcool do Estado da Paraíba (Sindálcool-PB) aderiu à campanha nacional #abasteçacometanol de forma lúdica, em parceria com a Companhia Paraibana de Dramas e Comédias. Já foram produzidos jingles e spots, que estão sendo veiculados nas rádios locais, além da impressão de 10 mil adesivos da campanha, distribuídos aos associados e consumidores.

De acordo com o presidente do Sindálcool-PB, Edmundo Barbosa, o jingle e o spot em forma de "websérie" chamado "As aventuras do Pedrinho" trazem um forte apelo regional, com personagens e casos que fazem parte do dia-a-dia da população paraibana. Eles estão sendo veiculados em seis rádios, inclusive, na Tabajara, de maior cobertura local, em programas de grande audiência nos horários em que as pessoas estão saindo para trabalhar.

"Vamos fazer vários spots com temas que chamem a atenção para a tomada de atitudes que valorizem o etanol produzido na Paraíba, e sua importância para a economia, a saúde e o meio ambiente do estado", destaca Edmundo. Segundo ele, estão trabalhando também com a rede social e inserções na mídia de forma espontânea.

Edmundo Barbosa destaca que, neste momento, mais do que nunca, é preciso ressaltar as qualidades do uso do etanol como o de proteção à saúde. "Estamos vivendo momentos difíceis com o risco à saúde em função da pandemia ao novo coronavírus, por isso, temos que destacar o benefício do etanol para o meio ambiente e, como consequência, para a saúde de todos", afirma.

O presidente do Sindálcool adverte que é preciso questionar sobre qual mundo queremos ter depois do Covid-19? Segundo ele, mais poluição significa mais Covid-19, a partir do momento que a poluição enfraquece o sistema imunológico e permite a entrada do vírus no organismo. "Temos que entender que para diminuir a poluição atmosférica em prol da nossa saúde, a prevenção é o melhor caminho com a utilização do etanol", garante Edmundo Barbosa.

Economia

Preocupado com a situação dos produtores de etanol paraibanos, Edmundo Barbosa, tem atuado também na esfera política e enviou um ofício ao governo da Paraíba, no dia 21 de maio, pleiteando ações para estimular o consumo interno do etanol. A desaceleração da economia e as medidas adotadas para controle da disseminação do Covid-19, agravados pelos baixos preços internacionais do petróleo, provocaram baixas nas vendas do biocombustível, que tem sido comercializado abaixo de seu valor de custo.

Atualmente, as usinas paraibanas amargam a insegurança de não ter pra quem vender o produto e guardam nos seus estoques 36 milhões de litros de etanol, tendo iniciado já os preparos e plantio da próxima safra. O setor sucroenergético no Estado, representa uma cadeia produtiva que reúne usinas e destilarias, incluídos 1.500 mil produtores rurais, 21.800 empregos diretos e 44.000 postos de trabalho indiretos, em mais de 26 cidades.
Fonte: Siamig - MG
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Mais Lidas