Este site utiliza cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Ao continuar navegando
você concorda com nossa política de privacidade. Política de Privacidade

Facebook
Instagram
Linkedin
Twitter
Youtube
Fale Conosco
Cevasa comemora safra recorde com um salto de Hora Homem Treinamento (HHT)
Publicado em 09/06/2020 às 09h45
Foto Notícia
O investimento na capacitação e qualificação profissional sempre foi um grande diferencial para algumas unidades sucroenergéticas. Na Cevasa -- Central Energética Vale do Sapucaí, de Patrocínio Paulista, associada UDOP, os índices de HHT -- Hora Homem Treinamento na safra 2019/20 atingiram quase o dobro da safra anterior, consolidando, com isso, uma safra recorde para a unidade.

Os gráficos do HHT das últimas cinco temporadas exemplificam exatamente a boa performance da Cevasa. Segundo o Diretor Geral da usina, Luiz Paulo Sant´anna, na última safra o HHT da Cevasa atingiu 10,02, contra 5,64 da safra 2018/19. "Não poderíamos obter tantas conquistas e estabilidade da nossa empresa em suas diversas áreas, se não valorizarmos nosso time. Mantê-los engajados, oferecer autonomia, oportunidades de crescimento e liberdade para contribuir com ideias, é o que traz para a Cevasa tantos recordes", destaca o diretor geral.

Ainda segundo Luiz Paulo, o salto nos índices de HHT se deve a inúmeros fatores, dentre eles a criação da Universidade de Líderes. "Além disso, houve também o aumento de participantes e da carga horária dos treinamentos do Programa Bolsa Qualificação (LayOff). Também foi possível aproveitar a nossa entressafra para realizar de forma intensiva a reciclagem de todos os treinamentos referentes as Normas Regulamentadoras (NR)".

Ainda dentro dos benefícios da melhor capacitação dos profissionais para a Cevasa, Luiz Paulo destaca o Programa de Formação de Motorista de Caminhão Canavieiro (PROFORMC), onde se obteve um resultado muito positivo em relação à condução segura e econômica. "Um outro ponto, é a identificação de talentos internos voltados para a área de liderança, com a nossa UniCev, além da satisfação pessoal de cada integrante treinado".

Dentre os cursos realizados e oferecidos pela Cevasa a seus integrantes na última safra destacam-se: "cursos operacionais voltados para a área agrícola, todas as NRs exigidas para as funções; Programa de Formação de Líderes e Mindset; Programas da área de Manutenção denominados Especialidades, Aprender Fazendo e Universidade John Deere; Relato de Desvio de Segurança; Workshops de Pessoas e Operações; Programa Pertencer JR focado na Manutenção industrial e Cultura da cana, voltados para jovens aprendizes; e principalmente o MBA da UDOP, com o curso de Operações Agroindustriais no Setor da Bioenergia".

A Cevasa, além de associada UDOP, também se utiliza dos eventos da entidade para capacitar seus profissionais. Segundo o diretor geral da usina, "no setor sucroalcooleiro, os eventos da UDOP são realmente essenciais, devido a troca de conhecimentos, o leque de informações, as atualizações do setor, novas formas de gestão e tecnologia, e toda a estrutura do evento".

Os desafios para a atual safra, com a pandemia do novo Coronavírus que restringiu a realização de eventos presenciais, é tentar manter os índices de HHT. "Dentro do possível, estamos conseguindo realizar o curso de Movimentação Operacional de Produtos Perigosos (MOPP) de forma online, para que nossos motoristas estejam em dia com as obrigatoriedades da função. Além disso, a Universidade John Deere, focada na manutenção automotiva, será retomada no início do próximo mês (Julho/20). Também focamos no desempenho da liderança, e realizamos coaching com cargos estratégicos de forma online. Porém, devido a pandemia, infelizmente a nossa programação para a safra 20/21 poderá ser afetada, embora estejamos focados em buscar métodos e-learning, e talvez conseguir recuperar esses meses adiados, no momento em que tudo for reestabelecido, principalmente durante a nossa entressafra", finaliza.

A safra 2019/2020 foi a melhor safra da história da Cevasa, com o processamento de 2,45 milhões de toneladas de cana; produção de 113,09 milhões de litros de etanol hidratado; 22,99 milhões de litros de etanol anidro e a produção de 110,31 milhões de toneladas de açúcar VHP.
Rogério Mian
Fonte: Agência UDOP de Notícias
Copyright© 2008 - UDOP.
Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução, desde que citada a fonte.