Este site utiliza cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Ao continuar navegando
você concorda com nossa política de privacidade. Política de Privacidade

Facebook
Instagram
Linkedin
Twitter
Youtube
Fale Conosco
Futuros do açúcar fecham em alta na ICE de Nova York e Londres; Etanol se aproxima de R$ 3 mil o m³
Publicado em 03/03/2021 às 08h09
Foto Notícia
A terça-feira (2) foi marcada por uma leve recuperação nos preços do açúcar nos mercados internacionais, no dia em que o Real atingiu uma mínima de três meses no comparativo com o dólar.

Na ICE de Nova York o açúcar bruto, no vencimento maio/21, foi negociado ontem em 16,43 centavos de dólar por libra-peso, alta de 22 pontos no comparativo com a véspera. Já a tela para julho/21 fechou em 15,84 cts/lb, 13 pontos a mais. Os demais contratos subiram entre 1 e 9 pontos.

Em Londres o açúcar branco também fechou em alta em todas as telas. O vencimento maio/21 foi contratado a US$ 465,80 a tonelada, alta de 7,70 dólares no comparativo com a véspera. Já a tela agosto/21 fechou em US$ 449,70 a tonelada, valorização de 6,30 dólares. Os demais contratos subiram entre 2,80 e 4,50 dólares.

Operadores disseram ontem à Reuters que os prêmios do açúcar branco se recuperaram nesta semana, após fraqueza recente.

Mercado doméstico

No mercado interno o açúcar cristal voltou a cair nesta terça-feira pelo Indicador Cepea/Esalq, da USP. A saca de 50 quilos foi negociada ontem em R$ 110,42, contra R$ 110,95 da véspera, baixa de 0,48% no comparativo entre as datas.

Etanol diário

Já o etanol hidratado se aproximou nesta terça-feira dos R$ 3 mil o metro cúbico pelo Indicador Diário Paulínia. O biocombustível foi negociado em R$ 2.973,00 o m³, contra R$ 2.884,50 o m³ do dia anterior, alta expressiva de 3,07% no comparativo entre os dias.
Rogério Mian
Fonte: Agência UDOP de Notícias
Copyright© 2008 - UDOP.
Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução, desde que citada a fonte.
Mais Lidas