Este site utiliza cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Ao continuar navegando
você concorda com nossa política de privacidade. Política de Privacidade

Facebook
Instagram
Linkedin
Twitter
Youtube
Fale Conosco
UISA espera manter moagem de cana estável nesta safra
Publicado em 08/06/2021 às 08h35
Foto Notícia
A UISA, antiga Usina Itamarati, localizada em Nova Olímpia (MT), informou que não espera uma quebra de safra na atual temporada de cana (2021/22), iniciada em abril. Em suas estimativas, a moagem de cana de sua unidade ficará entre 4,9 milhões e 5,1 milhões de toneladas, em linha com o volume processado na safra passada, de 5,012 milhões de toneladas.

A maior parte das usinas do Centro-Sul deve registrar redução da moagem nesta temporada por causa da seca que começou neste verão e que se somou aos efeitos da estiagem do ano passado. Na UISA, os canaviais que abastecem a usina já haviam sofrido com seca na safra passada, quando as perdas foram compensadas pela companhia com aumento de área.

Quanto ao rendimento da produção da temporada atual, a UISA também espera um resultado próximo da última safra. A expectativa da UISA é que a concentração de Açúcares Totais Recuperáveis (ATR) fique entre 132,5 quilos e 133 quilos por tonelada de cana processada, ante 132,7 quilos por tonelada no último ciclo.

A diferença principal deverá ser no mix de produção, mais alcooleiro nesta safra. Da cana a ser processada nesta safra, 61% deve ser direcionada para a produção de etanol, enquanto na safra passada esse percentual foi de 59%.

Como resultado, a produção do biocombustível deve crescer e ficar entre 250 milhões e 260 milhões de litros --- ante 245 milhões de litros em 2020/21.

Já a produção de açúcar deve diminuir e ficar entre 4,505 milhões de sacas e 4,590 milhões de sacas --- abaixo das 4,958 milhões de sacas fabricadas na temporada anterior.

Por fim, a geração de eletricidade a partir do bagaço da cana deve ter forte incremento e ficar entre 51 a 56 gigawatts-hora (GWh), enquanto na safra passada foi de 27 GWh.
Fonte: Valor Econômico
Extraído do Clipping da SCA
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Mais Lidas