Este site utiliza cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Ao continuar navegando
você concorda com nossa política de privacidade. Política de Privacidade

Facebook
Instagram
Linkedin
Twitter
Youtube
Fale Conosco
UDOP manifesta pesar pelo falecimento de Paulo Sentelhas, Agrometeorologista e professor da Esalq/USP
Publicado em 21/09/2021 às 17h01
Foto Notícia
A diretoria da UDOP manifesta pesar pelo falecimento do professor da Universidade de São Paulo - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" (Esalq/USP), CTO da Agrymet e referência em agrometeorologia no Brasil, Professor Paulo César Sentelhas, ocorrido na tarde desta terça-feira (21) vítima de complicações com a Covid-19.

Paulo Sentelhas lutava contra a doença desde 3 de agosto, quando foi diagnosticado e iniciou o tratamento. O velório e sepultamento ocorrerão nesta quarta-feira em cerimônia restrita a familiares próximos.

Vanessa Olivieri, Gerente de Treinamento da UDOP lamentou a morte do professor que por inúmeras vezes participou e palestrou dos eventos promovidos pela entidade. "Perdemos um excelente profissional e amigo", destacou Vanessa.

A Esalq/USP emitiu o comunicado abaixo em homenagem a seu docente. Confira a íntegra da nota.

Homenagem ao professor Paulo Cesar Sentelhas

Docente tinha destacada atuação em Agrometeorologia A Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq/USP) comunica que faleceu na tarde desta terça-feira, 21 de setembro de 2021, Paulo Cesar Sentelhas, docente do departamento de Engenharia de Biossistemas da Esalq.
O velório será restrito aos familiares e o corpo será cremado nesta quarta-feira.

Neste momento de tristeza e dor, manifestamos nossas condolências aos familiares e amigos.
Paulo Cesar Sentelhas era formado em Engenharia Agronômica pela Universidade de Espírito Santo do Pinhal (UNIPINHAL) - Faculdade de Agronomia e Zootecnia Manoel Carlos Gonçalves (1987). Fez mestrado em Agronomia (Agrometeorologia), 1992, e doutorado em Agronomia (Irrigação e Drenagem), 1998, ambos pela Esalq.

Fez pós-doutorado na Universidade de Guelph, no Canadá, de março de 2003 a outubro de 2004, e no consórcio Universidade de Guelph - WeatherInnovationsIncorporated em 2008, onde atuou como pesquisador visitante. Obteve o título de Livre-Docente em Agrometeorologia na Esalq em dezembro de 2004. Atuou como pesquisador no IPMET/UNESP (1988-1994) e no IAC (1994-1996). Desde março de 1996 era professor da Esalq e ocupava atualmente o cargo de Professor Titular da área de Agrometeorologia.

Foi secretário da Sociedade Brasileira de Agrometeorologia de 1995 a 1997 e de 2001 a 2003 e seu presidente no biênio 2005-2007, quando também atuou como presidente da Federação Latinoamericana de Agrometeorologia.

Tinha atuação destacada na área de Agronomia, com ênfase em Agrometeorologia. Como docente, lecionava na graduação as disciplinas Meteorologia Agrícola e Agrometeorologia Aplicada e, na pós-graduação, a disciplina Agrometeorologia e Doenças de Plantas.

De 2013 a 2015 foi Editor Científico da revista ScientiaAgricola, Esalq, sendo a partir de Julho de 2015 o Editor-Chefe da mesma. Atuava como Editor Associado da InternationalJournalofBiometeorology (ISBM - Springer) e como membro dos comitês editorias da ItalianJournalofAgrometeorology (SIA, Itália), InternationalJournalofPlantproduction (IJPO - Springer), AppliedSciences (Springer) e AgriScientia (Univ. de Córdoba, Argentina). De 2005 a 2013 atuou como representante do Brasil junto ao Grupo de Especialistas em Agrometeorologia da Organização Mundial de Meteorologia (OMM-ONU). Era membro da SBAgro (Sociedade Brasileira de Agrometeorologia) e da INSAM (International Society of Agricultural Meteorology).

De 2012 a 2016 foi membro do Comitê Julgador do MummAward da OMM e de 2014 a 2016 do juri do Environmental RespectAward da DuPont-Brasil. Em 2019 recebeu o Prêmio Sergio Westphalen da SBAgro como reconhecimento por suas contribuições para a área de Agrometeorologia do Brasil.

Em 2019, Paulo Cesar Sentelhas foi o entrevistado do programa Trajetórias, da TV USP Piracicaba.
Rogério Mian
Fonte: Agência UDOP de Notícias
Copyright© 2008 - UDOP.
Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução, desde que citada a fonte.