Este site utiliza cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Ao continuar navegando
você concorda com nossa política de privacidade. Política de Privacidade

Facebook
Instagram
Linkedin
Twitter
Youtube
Fale Conosco
KPMG anuncia o lançamento de um núcleo de serviços com especialistas
E parceiros com o objetivo de promover a descarbonização de empresas do agronegócio
Publicado em 19/11/2021 às 11h42
A KPMG no Brasil anuncia ao mercado o lançamento de um núcleo de serviços com especialistas e parceiros com o objetivo de promover a descarbonização de empresas do agronegócio brasileiro para reduzir e neutralizar suas emissões de gases do efeito estufa: KPMG - Agro Decarbonization Hub.

A iniciativa, pioneira no mundo, além de oferecer apoio especializado para definição de planos e metas para descarbonização, também será um centro de excelência e inteligência sobre o tema, monitorando iniciativas locais e globais. O núcleo contará com dezenas de especialistas e parceiros no Brasil e no exterior. Foi desenhado para oferecer soluções para todas as etapas do processo de redução de gases do efeito estufa, desde o inventário das emissões, passando pela identificação de soluções e chegando até o mapeamento de investimentos. O objetivo é apoiar as empresas do setor para que acelerem suas práticas em relação a este tema.

Os planos de descarbonização e a comunicação deles são considerados críticos para a competitividade das empresas do setor e para o posicionamento do agronegócio brasileiro diante dos compromissos globais assumidos durante a COP26 por uma economia global de baixo carbono. Os investimentos no núcleo virão também do fundo global da KPMG para impulsionar esta agenda. O núcleo de serviços iniciará suas atividades esta semana com uma rodada de reuniões com parceiros e empresas interessadas em avançar nesta agenda de descarbonização.

"Vamos - com nossos especialistas e parceiros - apoiar as empresas de toda a cadeia do agronegócio que vão ter que adotar estratégias e divulgar compromissos, indicadores e ações relacionados à descarbonização. Vamos ter soluções para toda a jornada, desde a elaboração ou revisão do inventário de emissões de gases de efeito estufa, identificando potenciais soluções para reduções, mas também mapeando investimentos que podem ajudar as empresas na implementação das soluções necessárias", afirma Nelmara Arbex, sócia-líder de ESG da KPMG no Brasil e especialista da rede global KPMG IMPACT.

"O agronegócio brasileiro tem os elementos necessários para ser protagonista na agenda de descarbonização nos mercados locais e globais, que vão demandar cada vez mais informações e compromissos precisos sobre as emissões associadas à cadeia de produção do setor. A KPMG integra uma rede de especialistas que quer e pode ajudar o agronegócio nessa jornada", complementa Giovana Araujo, sócia-líder de Agronegócio na KPMG no Brasil.

Mais informações sobre a atuação da KPMG no Brasil em ESG (Environmental, Social and Governance) estão disponíveis aqui.
Fonte: Meio Filtrante
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Mais Lidas