Este site utiliza cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Ao continuar navegando
você concorda com nossa política de privacidade. Política de Privacidade

Facebook
Instagram
Linkedin
Twitter
Youtube
Fale Conosco
Ibovespa perde fôlego em meio a nova fala de Powell e atento à PEC dos Precatórios
Publicado em 01/12/2021 às 16h52
O principal índice de ações brasileiras reduzia a alta nesta quarta-feira, em meio a mais declarações do presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, reiterando a defesa para retirada de estímulos pelo banco central norte-americano.

Localmente, a análise da PEC dos Precatórios no Congresso seguia no radar do mercado.

Às 14:42, o Ibovespa subia 0,74%, a 102.671,27 pontos. Na máxima da sessão, o índice alcançou 104.086,68. O volume financeiro era de 17,2 bilhões de reais.

Powell disse que é apropriado o Fed considerar na próxima reunião acelerar a redução de estímulos. Ele também afirmou que, com os aumentos de preços persistindo por mais tempo e a uma taxa mais alta do que o esperado, o Fed precisa estar pronto para usar suas ferramentas a fim de lidar com a gama de "resultados plausíveis" para a inflação.

O Ibovespa diminuiu parte da alta em meio às declarações de Powell, em movimento similar ao das bolsas norte-americanas, em especial o Nasdaq.

Powell já havia indicado na véspera que o Fed deve acelerar a retirada de estímulos. Na ocasião, sua declaração de que era apropriado considerar uma redução da compra de títulos mais rapidamente derrubou os mercados acionários globais, junto com o receio da nova variante do coronavírus Ômicron, e quase fez o Ibovespa romper a barreira dos 100 mil pontos no intradiário.

O Fed deu início à redução do ritmo de compra de títulos no início de novembro e anunciou um cronograma de cortes que prevê sua conclusão em meados de 2022. Porém, é amplamente esperado que a autoridade monetária revisite esse cronograma na próxima reunião. A retirada de estímulos deve diminuir a liquidez dos mercados globais, tornando ativos de risco menos atrativos.

Antes disso, o Ibovespa tinha uma recuperação mais vigorosa, após o tombo da véspera.

No front doméstico, investidores aguardam a análise da PEC dos Precatórios no plenário do Senado. O texto abre espaço para financiamento do programa social do governo, o Auxílio Brasil.

Vale e Petrobras são as maiores contribuições para a alta do Ibovespa, enquanto a JBS está na ponta oposta, em sessão negativa para frigoríficos. Varejistas tem sessão de perdas.
Reuters
Texto extraído do portal Notícias Agrícolas
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Mais Lidas