Este site utiliza cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Ao continuar navegando
você concorda com nossa política de privacidade. Política de Privacidade

Facebook
Instagram
Linkedin
Twitter
Youtube
Fale Conosco
Chance de neve passou e temperaturas sobem no Sudeste na semana, diz meteorologista
Tendência é de tempo seco no Sul e no Sudeste devido ao fim das chuvas geradas por um ciclone subtropical
Publicado em 23/05/2022 às 09h46
Foto Notícia
Com uma redução da intensidade da massa de ar polar que atingiu o Brasil na última semana, a chance de neve no Sul do país já passou, e as temperaturas no Sudeste devem começar a subir nesta semana, segundo a meteorologista do Climatempo Maria Clara Sassaki.

Em entrevista à CNN neste domingo (22), ela afirmou que "a chance de neve infelizmente já foi, passou, agora nos próximos dias podemos ter geada e sincelo. Geada é o congelamento do ar de forma súbita. No sincelo, o ar passa do estado gasoso para o nevoeiro, e aí a baixa temperatura congela o nevoeiro".

"Diferente dessas duas formações, que necessitam de tempo mais aberto, a neve e a chuva congelante precisam de nuvens carregadas. No meio da semana tínhamos um ciclo subtropical na costa do sul do Brasil que deixou muitas nuvens de chuva na serra, e atrás dele tinha a massa de ar polar, e a combinação favoreceu a ocorrência da neve", explica.

Agora, a tendência é de tempo seco no Sul e no Sudeste devido ao fim das chuvas geradas pelo ciclone subtropical. Mesmo as geadas devem ficar restritas às serras gaúcha e catarinense, com intensidade moderada a forte. Há chance de geada na Serra da Mantiqueira, mas com intensidade menor.

Segundo Sassaki, a próxima semana deve ser "típica de outono" no Sudeste, devido ao ar seco. "Quem sair cedo leva um casaco porque a temperatura começa baixa, mas não um frio extremo da semana passada. As manhãs serão ainda bem geladas, com termômetros entre 10ºC e 13ºC nos próximos dias. Na parte da tarde a temperatura sobe pela combinação de sol e tempo seco, aí a noite e na madrugada cai de novo".

A previsão, diz, é que a temperatura suba gradativamente na região ao longo da semana. Ela alerta, porém, que a umidade relativa do ar continuará baixa, podendo ficar abaixo dos 30%, o que torna importante manter uma boa hidratação ao longo do dia.

Já no Nordeste, a expectativa é que a maior parte da região tenha tempo abafado, com temperaturas menores em áreas do Piauí e da Bahia.

"Nós temos uma frente fria no oceano, ligada ao ciclone subtropical, na altura do Recôncavo Baiano, e ela deixa bastante nebulosidade. Tem uma circulação de ventos úmidos contra a costa que mantém as nuvens carregadas ao longo de toda a semana, então tem previsão de chuva para a semana", afirma.

Sassaki avalia que as chuvas podem ter momentos de intensidade maior, enquanto as temperaturas não devem passar dos 29ºC, em meio a um tempo mais fechado.
Fonte: CNN Brasil
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Mais Lidas