Este site utiliza cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Ao continuar navegando
você concorda com nossa política de privacidade. Política de Privacidade

Indicador semanal do etanol hidratado sobe 1,75% nas usinas de SP e anidro 1,20%, aponta Cepea
Aos consumidores, preço médio do biocombustível atingiu R$ 4,873 o litro, com queda de 0,75% ante a semana anterior
Publicado em 27/06/2022 às 11h30
O indicador do etanol hidratado nas usinas paulistas subiu 1,75% na semana entre 20 a 24 de junho, segundo dados do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea/Esalq), a R$ 3,0644 o litro, sem frete, ICMS (alíquota de 13,3%) e PIS/Cofins.

O tipo anidro, que é misturado à gasolina nos postos do Brasil, teve avanço de 1,20% no período, valendo R$ 3,5693.

O mercado tem acompanhado negócios lentos de etanol nos últimos dias. "As vendas fracas nas bombas -- embora o câmbio de preços atualmente seja favorável ao etanol -- ainda estão deixando os agentes das distribuidoras cautelosos na hora de fechar negócios", disse o Cepea.

O Cepea levanta seu indicador do etanol, sem frete e sem impostos, com valores coletados que se referem aos negócios efetivados na modalidade spot entre usinas e distribuidoras com produto originado do estado de São Paulo, independentemente da destinação.

Os preços do etanol, porém, subiram aos consumidores do Brasil na última semana, segundo a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). O preço médio do biocombustível no Brasil atingiu R$ 4,873 o litro, com queda de 0,75% ante a semana anterior.

A paridade ficou em 65,94% em todo o Brasil.

O biocombustível teve queda de preço 16 estados, mas alta em outros 10 estados e no Distrito Federal.
Jhonatas Simião
Fonte: Notícias Agrícolas
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Mais Lidas