Este site utiliza cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Ao continuar navegando
você concorda com nossa política de privacidade. Política de Privacidade

Força-tarefa internacional quer impulsionar hubs para limpar transporte marítimo
Publicado em 30/06/2022 às 15h41
Mais de 100 CEOs e representantes de governos concordaram por unanimidade em criar uma plataforma internacional para desenvolvimento de hubs de abastecimento de combustíveis sustentáveis para navios - como hidrogênio e amônia verdes - e corredores marítimos verdes.

O acordo foi assinado durante a cúpula Shaping the Future of Shipping Summit, que ocorreu em Londres, na semana passada, organizada pela Câmara Internacional de Navegação (ICS, na sigla em Inglês) --- que representa mais de 80% da frota mercante mundial.

A plataforma para criação dos hubs, Iniciativa de Hubs Marítimos de Energia Limpa (CEMH, na sigla em inglês), vincula o setor de energia à cadeia de valor marítima, unindo portos, companhias de navegação e empresas de energia, no esforço de zerar as emissões de carbono do transporte marítimo até 2050.

"As soluções serão multissetoriais e precisamos ter uma colaboração muito mais forte com os produtores de energia e toda a cadeia de valor marítima se quisermos quebrar o impasse", defendeu Guy Platten, secretário-geral do ICS.

Segundo ele, na COP26 ficou claro que o principal obstáculo à descarbonização no transporte marítimo é o "dilema dos combustíveis do futuro".

"Os produtores de energia não investirão sem compradores e os armadores não sabem onde investir se não tiverem certeza do fornecimento de combustível. O que a COP também mostrou é que há muito pensamento desleixado".

O papel dos portos. Segundo Patrick Verhoeven, Diretor Administrativo da Associação Internacional de Portos, os complexos portuários têm um papel importante na descarbonização do setor.

"A comunidade portuária global tem a responsabilidade de oferecer centros de reabastecimento para o transporte marítimo e também tem uma grande oportunidade de facilitar o comércio de combustíveis verdes", afirmou.

A Iniciativa de Hubs Marítimos de Energia Limpa deve ser oficialmente lançada em setembro, no próximo Clean Energy Ministerial (CEM) -- fórum de alto nível que reúne representantes das maiores economias globais para discutir a transição energética --, que reunirá 29 ministros de energia.
Fonte: Epbr
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Mais Lidas