Produção de petróleo da China cai em maio após recorde em abril  

14/06/2019 - A produção de petróleo da China em maio subiu em relação ao mesmo período do ano passado, mas recuou em relação ao recorde alcançado em abril, mostraram dados do governo nesta sexta-feira.

A produção bruta no mês passado subiu 2,8% em relação ao ano anterior, para 51,9 milhões de toneladas, ou 12,22 milhões de barris por dia (bpd), mostraram dados do Departamento Nacional de Estatísticas (NBS). Isso comparado a uma máxima de 12,68 milhões de bpd em abril.

Seng Yick Tee, diretor sênior de consultoria da SIA Energy, disse que a falta de demanda doméstica por combustível, em particular pela gasolina, fez com que as refinarias reduzissem a produção, em meio ao enfraquecimento das margens.

O rendimento da refinaria, o menor em quatro meses em uma base diária, também ocorreu enquanto o crescimento da produção industrial desacelerou inesperadamente para uma baixa de mais de 17 anos em maio.

As vendas de carros novos da China caíram pelo 11º mês consecutivo em maio devido à falta de confiança do consumidor em desacelerar a economia.

"O crescimento negativo na indústria automobilística está desacelerando a demanda incremental de combustível da China", disse Tee.

Fonte: Reuters
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Imprimir