Geadas do fim de semana atingem canaviais do sul de MS, mas avaliação de impactos só em duas semanas  

10/07/2019 - As baixas temperaturas registradas na madrugada de sábado (6) e domingo (7), no sul e parte da costa leste de Mato Grosso do Sul, causaram geada que atingiram lavouras de cana-de-açúcar. O cone sul do estado, onde se concentra 80% da produção, foi o mais atingido, segundo levantamento da Associação dos Produtores de Bioenergia (Biosul).

Segundo o presidente da entidade, Roberto Hollanda Filho, as unidades adequaram o manejo da safra para colher a cana antes do período mais favorável à ocorrência de geadas, mas mesmo assim, pela extensão do fenômeno, outras áreas de cultivo foram afetadas.

De acordo com o monitoramento meteorológico da Embrapa Agropecuária Oeste, na madrugada de domingo (7) em vários municípios do cone sul do estado foram registradas temperaturas próximas de 0º.

Segundo a Biosul, eventuais danos as canaviais, seja para a safra em andamento ou mesmo para a próxima, somente poderão ser determinados em um prazo que vai de uma a duas semanas. Detectados os eventuais problemas, as unidades produtoras vão adotar as medidas corretivas necessárias, seja na reprogramação da colheita ou nos tratos culturais.

09/07/19
Fonte: Portal G1
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Imprimir