Safra de soja do Paraná 19/20 pode crescer mais de 20%, diz Deral em 1ª estimativa  

23/08/2019 - O Paraná, tradicionalmente o segundo produtor de soja do Brasil após o Mato Grosso, deverá elevar a produção da oleaginosa em 22% na safra 2019/20, cujo plantio está próximo de começar, estimou nesta sexta-feira o Departamento de Economia Rural (Deral), em sua primeira estimativa para a nova temporada.

A produção atingiria 19,772 milhões de toneladas, ante 16,2 milhões na temporada anterior, quando as lavouras foram afetadas pelo tempo seco e o Estado perdeu a segunda posição no ranking de produtores para o Rio Grande do Sul.

O aumento expressivo da produção, segundo o órgão do governo do Estado, ocorreria pela recuperação das produtividades, dependendo das condições climáticas, já que a área plantada com soja vai crescer apenas 1%, para 5,473 milhões de hectares.

O plantio de milho verão cairá 6% ante a safra anterior, para 335,8 mil hectares, perdendo espaço para a soja. O plantio de feijão primeira safra também cairá, em 5%, para 154,5 mil hectares.

Com o recuo na área, a produção de milho verão do Paraná foi projetada em 3,1 milhões de toneladas, queda de 1%.

Assim como outros Estados, o Paraná tem deixado para produzir mais milho na segunda safra, que atingiu 13,4 milhões de toneladas em 2018/19.

Roberto Samora
Fonte: Reuters
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Imprimir