Este site utiliza cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Ao continuar navegando
você concorda com nossa política de privacidade. Política de Privacidade

Facebook
Instagram
Linkedin
Twitter
Youtube
Fale Conosco
Contratos futuros do açúcar atingem mínima de 1 mês na ICE; etanol fechou em baixa pelo 2º dia
Publicado em 10/09/2021 às 08h25
Foto Notícia
Os contratos futuros do açúcar fecharam a quinta-feira (9) mistos na bolsa de Nova York, atingindo a mínima de 1 mês, pressionados pela fraca demanda e uma venda generalizada nos mercados financeiros, causada por temores de bancos centrais tentando reduzir a liquidez, segundo analistas ouvidos pela Reuters.

O vencimento outubro/21 da ICE para o açúcar bruto fechou cotado a 19,24 centavos de dólar por libra-peso, redução de 25 pontos no comparativo com a véspera, ou 1,3%. Já o lote março/22 caiu 16 pontos, cotado em 19,92 cts/lb. Os demais contratos oscilaram entre queda de 11 pontos, estabilidade e alta de 5 pontos.

Ainda segundo a Reuters, os operadores disseram que, apesar das preocupações de que a produção do Brasil, maior produtor, possa despencar em mais de 6 milhões de toneladas em relação à temporada passada, a demanda está caindo drasticamente, já que as altas taxas de frete levam os compradores a consumir seus estoques.

"O line-up de embarques de açúcar do Brasil nesta semana foi 52% menor do que há um ano, de acordo com a agência marítima Williams, em apenas 1,02 milhão de toneladas", destacou a Agência Internacional de Notícias.

A Reuters trouxe ainda que a Índia pretende exportar 6 milhões de toneladas de açúcar no novo ano-comercial que começa em 1º de outubro, já que uma alta nos preços globais tornou as exportações viáveis para as usinas indianas, disse um importante órgão comercial.

Açúcar branco

Em Londres o açúcar branco fechou no vermelho em todos os lotes. Ontem, a commodity foi negociada, no vencimento outubro/21, a US$ 475,10 a tonelada, recuo de 6,40 dólares, ou 1,3%, no comparativo com a véspera. Já a tela dezembro/21 caiu 5,60 dólares, negociada em US$ 497,20 a tonelada. Os demais lotes fecharam desvalorizados entre 1,60 e 5,20 dólares.

Açúcar cristal

Pelo Indicador Cepea/Esalq para o açúcar cristal a quinta-feira foi de alta. Ontem, a saca de 50 quilos foi negociada a R$ 140,65, contra R$ 139,97 de quarta-feira, alta de 0,49% no comparativo entre os dias.

Etanol hidratado

Pelo segundo dia seguido as cotações do etanol hidratado medidos pelo Indicador Diário Paulínia fecharam no vermelho. Nesta quinta-feira as usinas comercializaram o biocombustível em R$ 3.303,50, desvalorização de 1 real, ou 0,03%, no comparativo com os preços praticados na quarta-feira.
Rogerio Mian
Fonte: Agência UDOP de Notícias
Copyright© 2008 - UDOP.
Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução, desde que citada a fonte.