Este site utiliza cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Ao continuar navegando
você concorda com nossa política de privacidade. Política de Privacidade

Facebook
Instagram
Linkedin
Twitter
Youtube
Fale Conosco
Contratos futuros do açúcar seguem em alta nas bolsas internacionais
Publicado em 22/04/2021 às 08h31
Foto Notícia
Os contratos futuros do açúcar fecharam em alta na última terça-feira (20) nas bolsas internacionais, influenciados, ainda, pelas perspectivas de baixa na produção da União Europeia e do Brasil. Em Nova York a commodity atingiu a máxima de 7 semanas nas cotações do açúcar bruto.

O vencimento maio/21 da ICE Future, de NY, foi comercializado na terça-feira em 16,77 centavos de dólar por libra-peso, alta de 2,9%, ou 48 pontos, no comparativo com a véspera. Já a tela para julho/21 foi comercializada em 16,72 cts/lb, valorização de 51 pontos. Os demais contratos subiram entre 14 e 42 pontos.

Segundo analistas ouvidos pela Reuters, um ambiente macroeconômico positivo para commodities agrícolas também foi citado como fator de impulso ao investimento, além do tempo seco no centro-sul do Brasil que deve reduzir a produção na região. "A produção brasileira de açúcar deve cair drasticamente na nova safra devido ao clima mais seco que o normal, disse a trading de commodities Wilmar nesta terça-feira", destacou a Reuters.

Açúcar branco

Em Londres o açúcar branco, no vencimento agosto/21 foi comercializado na terça-feira em US$ 462,10 a tonelada, valorização de 8,10 dólares, ou 1,8%, no comparativo com os preços da véspera. Já a tela outubro/21 subiu 8,20 dólares, negociada em US$ 455,10 a tonelada. Os demais contratos subiram entre 5,20 e 8,90 dólares.

Açúcar cristal

O açúcar cristal também fechou em alta na última terça-feira (20) pelo Indicador Diário Paulínia. A saca de 50 quilos foi negociada em R$ 110,05, contra R$ 109,53 da véspera, alta de 0,47% no comparativo entre as datas.

Etanol hidratado

O etanol hidratado, medido pelo Indicador Diário Paulínia, também encerrou a terça-feira em alta. O metro cúbico do biocombustível foi negociado em R$ 2.753,00, contra R$ 2.737,00 da véspera, valorização e 0,58% no comparativo entre os dias.
Rogério Mian
Fonte: Agência UDOP de Notícias
Copyright© 2008 - UDOP.
Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução, desde que citada a fonte.