Este site utiliza cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Ao continuar navegando
você concorda com nossa política de privacidade. Política de Privacidade

Facebook
Instagram
Linkedin
Twitter
Youtube
Fale Conosco
Futuros do açúcar fecham em baixa após atingirem menor cotação em 2 meses; queda de 118 pontos na semana
Publicado em 21/06/2021 às 08h38
Foto Notícia
Os contratos futuros do açúcar amargaram, na última semana, uma queda de 118 pontos na bolsa de Nova York, o que representa mais de 26 dólares por tonelada no comparativo com os negócios da última sexta-feira (18) e a sexta-feira da semana anterior. Pelo menos dois fatores foram determinantes para estes ajustes: a valorização do dólar e a sinalização do banco central dos Estados Unidos de que poderá subir a taxa de juros nas próximas semanas, o que impactou inúmeras commodities.

O contrato com vencimento julho/21 da ICE, de NY, fechou na sexta-feira (18) comercializado a 16,43 centavos de dólar por libra-peso, recuo de 12 pontos no comparativo com os preços praticados na véspera. Já a tela outubro/21 caiu 5 pontos, com negócios em 16,66 cts/lb. Os demais lotes recuaram entre 1 e 4 pontos, com exceção do contrato maio/21 que valorizou 1 ponto.

Segundo a Reuters, "qualquer calibração dos fundamentos micro do açúcar terá de esperar até que esse ?´terremoto?´ macro e quaisquer outros choques secundários passem", afirmou Tobin Gorey, analista do Commonwealth Bank da Austrália.

Outros fatores que podem ter influenciado nas perdas da commodity é a melhoria nas perspectivas para as safras da Índia e Tailândia após chuvas favoráveis e o forte ritmo de produção no Brasil durante a segunda quinzena de maio, ainda segundo os analistas ouvidos pela Reuters.

Açúcar branco

Em Londres o açúcar branco também fechou em baixa na sexta em quase todos os lotes. No vencimento agosto/21 a commodity recuou 1,60 dólar, negociada em US$ 423,40 a tonelada. As telas outubro e dezembro/21 e março/22 recuaram, respectivamente, 50, 30 e 10 cents de dólar. Já os contratos maio e agosto/22 subiram 10 e 80 cents.

Açúcar cristal

No mercado interno o açúcar também fechou em baixa na última sexta-feira pelo Indicador Cepea/Esalq, da USP. A saca de 50 quilos do tipo cristal foi negociada em R$ 115,37, contra R$ 117,76 a saca de quinta-feira, recuo de 2,03% no comparativo entre os dias.
Rogério Mian
Fonte: Agência UDOP de Notícias
Copyright© 2008 - UDOP.
Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução, desde que citada a fonte.
Mais Lidas