Este site utiliza cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Ao continuar navegando
você concorda com nossa política de privacidade. Política de Privacidade

Facebook
Instagram
Linkedin
Twitter
Youtube
Fale Conosco
Contratos futuros do açúcar encerram a semana com forte baixa na ICE de Nova York e Londres
Publicado em 27/09/2021 às 08h15
Foto Notícia
Os contratos futuros do açúcar encerraram a última sexta-feira (24) em forte queda nas bolsas internacionais. Segundo operadores ouvidos pela Reuters, o mercado pode subir no curto prazo, com a produção continuando a decepcionar no Brasil, maior produtor. Eles também mencionaram que as exportações da Índia, um importante produtor, estão diminuindo à medida que o mercado interno se recupera.

O mercado também aguarda os impactos dos números da moagem no Centro-Sul do Brasil que serão apresentados pela Unica -- União da Indústria de Cana-de-açúcar nesta segunda-feira com o acumulado do processamento até 15 de setembro.

Em Nova York, na ICE, o vencimento outubro/21 do açúcar bruto, que expira nesta quinta-feira, foi contratado a 19,10 centavos de dólar por libra-peso, recuo de 39 pontos no comparativo com os preços da véspera. Já a tela março/22 caiu 36 pontos, negociada em 19,93 cts/lb. OS demais contratos derreteram entre 22 e 37 pontos.

Açúcar branco

Em Londres o açúcar branco fechou desvalorizado em 9,10 dólares, ou 1,8%, no vencimento dezembro/21, comercializado em US$ 504,30 a tonelada. A tela março/22 caiu 7,80 dólares, contratada a 508,80 dólares a tonelada. Os demais lotes recuaram entre 7,40 e 8,50 dólares.

Ainda segundo a Reuters, o Paquistão emitiu uma nova licitação internacional para comprar 50 mil toneladas de açúcar branco, depois de não ter feito nenhuma compra no leilão anterior de 200 mil toneladas, disseram traders europeus.

Açúcar cristal

No mercado doméstico a sexta-feira também foi de queda brusca nas cotações do açúcar cristal medidas pelo Indicador Cepea/Esalq, da USP. A saca de 50 quilos foi negociada a R$ 141,71, contra R$ 145,46 da véspera, desvalorização de 2,58% no comparativo.
Rogério Mian
Fonte: Agência UDOP de Notícias
Copyright© 2008 - UDOP.
Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução, desde que citada a fonte.