Este site utiliza cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Ao continuar navegando
você concorda com nossa política de privacidade. Política de Privacidade

Facebook
Instagram
Linkedin
Twitter
Youtube
Fale Conosco
Déficit no mercado global de açúcar cresce com Índia aumentando produção de etanol
Publicado em 30/11/2021 às 17h38
Foto Notícia
O balanço da oferta mundial de açúcar deve se deteriorar na safra 2021/22, que começou em outubro, devido ao maior uso da cana-de-açúcar para a produção de etanol na Índia e à menor produção no Brasil, disse a corretora StoneX nesta terça-feira.

A temporada verá a demanda ultrapassando a produção pelo terceiro ano consecutivo, disse StoneX, projetando um déficit de abastecimento de 1,8 milhão de toneladas, 1 milhão de toneladas a mais do que o estimado em outubro.

A produção global foi prevista em 186,6 milhões de toneladas, enquanto a demanda foi projetada em 188,4 milhões. A corretora disse que a demanda melhorou recentemente com a queda nos preços do frete marítimo. Um aumento nas compras de países asiáticos e de centros de refino foi notado.

A Índia deve produzir uma quantidade recorde de cana-de-açúcar após o clima favorável, mas o programa de mistura de etanol do país retirará do mercado o equivalente a 3 milhões de toneladas de açúcar, disse StoneX, apontando uma produção de açúcar basicamente igual à de safra anterior, ou cerca de 31 milhões de toneladas.

A produção na região centro-sul do Brasil é de 31,3 milhões de toneladas, 12% a menos que no ano anterior.

StoneX disse que a nova safra de açúcar do Brasil, que começa em abril, terá uma melhora de 6% no volume total de cana-de-açúcar, para 565,3 milhões de toneladas.

A produção de açúcar na União Europeia mais a área do Reino Unido está projetada para aumentar quase 12% em 2021/22 (outubro-setembro) para 17,2 milhões de toneladas, já que um verão mais úmido na Europa aumentou a produtividade da beterraba.
Reuters
Texto extraído do portal Money Times
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Mais Lidas