UDOP - União Nacional da Bioenergia
EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia
Energia | Espaço Datagro | Etanol | Fórum de Articulistas | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Cana-de-açúcar Aumentar a letra    Diminuir a letra
Uso da palha da cana sem queima pode aumentar produção de energia  

01/03/2017 - Pesquisadores de Campinas (SP) estão desenvolvendo um estudo que utiliza a palha da cana-de-açúcar sem queima para aumentar a produção de energia elétrica dentro das usinas, e com baixa emissão de gases do efeito estufa.

Os responsáveis pelo levantamento querem provar que este procedimento é mais limpo do que a biomassa, que é a mistura da palha com o bagaço da cana.

A estimativa é que a produção energética possa aumentar em sete vezes com o uso da palha sem queima.

"Se a gente pegasse hoje toda a palha no centro sul do país e colocasse para queimar, isso corresponderia aproximadamente uma Itaipu [usina hidrelétrica binacional que produziu 8,74 milhões de MWh em janeiro]", disse Gonçalo Pereira, pesquisador do Laboratório Nacional de Ciência e Tecnologia do Bioetanol (CTBE), do Cento Nacional de Pesquisas em Energia e Materiais (CNPEM).

De acordo com os especialistas, as usinas paulistas tentam há 20 anos utilizar a palha, mas não tem equipamentos adequados e nem o conhecimento logístico para por em prática.

"A palha é uma espécie de sol no estado sólido. Então, além de você desperdiçar e deixar a palha no campo tem a possibilidade de insetos e fungos se alojarem na palha. E ao longo do tempo, ela acaba virando CO2 e outros gases do efeito estufa. Deixar a palha no campo é péssimo para o meio ambiente", completa o pesquisador Gonçalo Pereira.

Os especialistas lembram ainda que a palha é importante para a qualidade do solo, e não pode ser retirada totalmente. O estudo leva em conta ainda qual é o equilíbrio ideal.

"Pelo menos sete toneladas de massa seca de palha por hectare devem ser mantidas todo ano no campo para manter o equilíbrio", ressalta o pesquisador do CTBE João Carvalho.

O próximo passo da pesquisa do CTBE é identificar como transportar a palha sem contaminá-la.

Confira a reportagem exibida no último sábado (25), pela EPTV, clicando aqui.

25/02/17
Fonte: Portal G1
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
11/12/19 - Moody´s melhora perspectiva para setor de etanol e açúcar do Brasil
  - COP 25: Setor já reflorestou mais de 200 mil hectares de mata
  - Por ser mais açucareira, usina consorciada do Noroeste paulista adia inauguração para 2020
  - PE: Setor sucroalcooleiro ganha mais espaço com Câmara Setorial
10/12/19 - Moagem acumulada até novembro ultrapassa resultado da safra 2018/2019
06/12/19 - Alvo de pressão, cúpula da pasta de Minas e Energia deve ser substituída
05/11/19 - Bioenergia é oportunidade
17/10/19 - Renata Beckert Isfer assume Secretaria de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis do MME
14/10/19 - Preço spot de energia registrou aumento médio de 1% no país
10/10/19 - Bioeletricidade gera 2,5 vezes mais que carvão mineral, mas acumulado cai em relação a 2018
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
Uso da palha da cana sem queima pode aumentar produção de energia
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário: