UDOP - União Nacional da Bioenergia

FALTAM APENAS

DIAS

HORAS

MINUTOS

SEGUNDOS

PARA O EVENTO MAIS INOVADOR DO SETOR

FALTAM APENAS

DIAS

HORAS

MINUTOS

SEGUNDOS

PARA O EVENTO MAIS INOVADOR DO SETOR

EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia
Energia | Espaço Datagro | Etanol | Fórum de Articulistas | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Etanol Aumentar a letra    Diminuir a letra
Etanol recua em 15 Estados, diz ANP; preço médio cai 0,04% no País  

09/01/2019 - Os preços do etanol hidratado recuaram nos postos de 15 Estados brasileiros na semana passada, segundo levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) compilado pelo AE-Taxas. Em dez Estados e no Distrito Federal houve alta e no Amapá não foi feita avaliação.

Na média dos postos brasileiros pesquisados pela ANP houve leve queda de 0,04% no preço do etanol na semana passada, para R$ 2,830.

Em São Paulo, principal Estado produtor e consumidor, a cotação média do hidratado também recuou 0,04% sobre a semana anterior, de R$ 2,644 para R$ 2,643 o litro.

A Paraíba registrou maior recuo no preço do biocombustível na semana passada, de 1,21%, e a maior alta, de 1,66%, foi em Alagoas.

Na comparação mensal os preços do etanol subiram apenas no Acre, Alagoas, Bahia e em Goiás, com recuos em todas as outras Unidades da Federação. No Amapá, não houve avaliação.

Na média brasileira o preço do etanol pesquisado pela ANP acumulou baixa de 1,36% na comparação mensal. A maior queda nos preços do biocombustível no período, de 4,59%, foi nos postos do Rio Grande do Norte.

O preço mínimo registrado na semana passada para o etanol em um posto foi de R$ 2,259 o litro, em São Paulo, e o máximo individual ficou de R$ 4,949 o litro, no Rio Grande do Sul. São Paulo mantém o menor preço médio estadual, de R$ 2,643 o litro, e o maior preço médio ocorreu nos postos do Acre, de R$ 4,041 o litro.


Competitividade

Pela segunda semana consecutiva, os preços médios do etanol permanecem vantajosos ante os da gasolina em apenas cinco Estados brasileiros - Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Paraná e São Paulo.

O levantamento da ANP compilado pelo AE-Taxas considera que o etanol de cana ou de milho, por ter menor poder calorífico, tenha um preço limite de 70% do derivado de petróleo nos postos para ser considerado vantajoso.

Em Mato Grosso, o hidratado é vendido em média por 59,68% do preço da gasolina, em São Paulo por 64,26%, em Minas Gerais a 64,73% e em Goiás a 68,56%. No Paraná, a paridade está em 69,53%. Na média brasileira, a paridade é de 65,36% entre os preços médios do etanol e da gasolina, também favorável ao biocombustível.

A gasolina segue mais vantajosa em Roraima, com a paridade de 96,43% para o preço do etanol.

08/01/19
Fonte: Estadão Conteúdo
Texto extraído da revista Isto É
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
21/10/19 - ANP: etanol recua em 14 estados e DF, mas preço médio avança 0,38% no país
  - ANP: etanol continua competitivo com gasolina em cinco estados brasileiros
  - Traders são excluídos de cota de importação de etanol
  - Governo Federal anuncia novas regras para importação de etanol sem tarifa
  - Preço do etanol recua nos postos de 14 Estados e do DF em uma semana
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
Etanol recua em 15 Estados, diz ANP; preço médio cai 0,04% no País
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário: