UDOP - União Nacional da Bioenergia

FALTAM APENAS

DIAS

HORAS

MINUTOS

SEGUNDOS

PARA O EVENTO MAIS INOVADOR DO SETOR

FALTAM APENAS

DIAS

HORAS

MINUTOS

SEGUNDOS

PARA O EVENTO MAIS INOVADOR DO SETOR

EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia
Energia | Espaço Datagro | Etanol | Fórum de Articulistas | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Economia Aumentar a letra    Diminuir a letra
Soja trabalha com estabilidade em Chicago nesta 4ª feira com olhos no clima e na política  

22/05/2019 - Os futuros da soja negociados na Bolsa de Chicago caminham bem próximos da estabilidade nesta quarta-feira (22). Perto de 8h10 (horário de Brasília), as cotações tinham variações somente nos dois primeiros contratos de 0,25 ponto, com o julho valendo US$ 8,22 e o agosto, US$ 8,29 por bushel.

Dividido entre as questões da guerra comercial e do clima no Corn Belt, o mercado se atenta agora também à real área plantada da safra 2019/20 e também à questões políticas norte-americanas.

Ontem, notícias de que o programa de ajuda do governo Trump aos produtores que estão sendo impactados pela guerra comercial e que poderia pagar até US$ 2,00 por bushel de soja de subsídio movimentou o mercado e provocou muita especulação. As informações, porém, ainda são divergentes e os preços terminaram o dia perdendo mais de 9 pontos.

O mercado agora espera por esclarecimentos, mais detalhes sobre os próximos pagamentos e, principalmente a confirmação desses valores - que para o milho poderia ser de US$ 0,04 por bushel e para o trigo, US$ 0,63.

O USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) se posicionou e disse que essas informações chegaram mais a frente.

Enquanto isso, o mercado segue atento ao clima muito úmido nos EUA e com previsões indicando a chegada de mais chuvas - de elevados volumes - no curto prazo. A janela para o plantio da soja no país ainda está aberta, porém, com os atrasos causados pelo clima se mostra cada vez mais estreita.

Paralelamente, nesta quarta, a China afirmou que está pronta para novas conversas comerciais com os Estados Unidos. A declaração foi do embaixador da China nos Estados Unidos, Cui Tiankai.

Carla Mendes
Fonte: Notícias Agrícolas
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
18/11/19 - Milho se desvaloriza em Chicago no aguardo de novos números do USDA
  - Banco Europeu de Investimento vai parar de financiar combustíveis fósseis
  - Milho: Semana começa com estabilidade para as cotações na Bolsa de Chicago
  - Soja inicia semana com leves altas em Chicago de olho nas negociações China x EUA
  - Dólar recua ante real com negociações EUA-China e reformas no radar
  - Milho: Demanda aquecida segue elevando preços no spot
  - Soja: Preço no porto fecha acima de R$ 90/sc
  - Plantio da safra 2019/20 de milho no RS alcança 81% da área
  - AgRural vê safra de soja do Brasil em 120,7 mi t, quase estável ante outubro
  - Safra 2019/20: chuva dá trégua no RS e plantio de verão avança
  - Plantio da soja na Bahia está atrasado; Em Mato Grosso, agricultores antecipam vendas do grão
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
Soja trabalha com estabilidade em Chicago nesta 4ª feira com olhos no clima e na política
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário: