UDOP - União Nacional da Bioenergia
EDITORIAS
Agência UDOP | Açúcar | Biodiesel | Cana-de-Açúcar | Combustíveis Fósseis | Diversas | Economia
Energia | Espaço Datagro | Etanol | Fórum de Articulistas | Opinião | TV UDOP | Últimas Notícias
Combustíveis Fósseis Aumentar a letra    Diminuir a letra
PETRÓLEO-Preços sobem com tempestades tropicais e tensões geopolíticas  

12/07/2019 - LONDRES (Reuters) - Os contratos futuros do petróleo subiam nesta sexta-feira, caminhando para registrar ganhos na semana, já que os produtores de petróleo no Golfo do México cortaram mais da metade de sua produção por conta de uma tempestade tropical e as tensões geopolíticas continuaram a aumentar no Oriente Médio.

O petróleo Brent subia 0,29 dólar, ou 0,44%, a 66,81 dólares por barril, às 12:32 (horário de Brasília).

O petróleo dos Estados Unidos avançava 0,13 dólar, ou 0,22%, a 60,33 dólares por barril.

No entanto, uma projeção da Agência Internacional de Energia (IEA, na sigla em inglês) de um excedente mundial de petróleo limitava os ganhos. A Agência estimou nesta sexta-feira que a crescente produção de petróleo dos Estados unidos superará a fraca demanda global e levará a um aumento nos estoques em todo o mundo nos próximos meses.

A Opep também previu na quinta-feira o retorno de um superávit no ano que vem, apesar de um pacto liderado pelo grupo de produtores e aliados para restringir a oferta.

Os preços do Brent subiram 4,1% até agora na semana, enquanto o petróleo dos EUA ganhou 4,9%. Ambos os contratos registraram perdas na semana passada.

Os estoques de petróleo dos EUA caíram por quatro semanas e os preços também eram apoiados por empresas de petróleo no Golfo do México cortando a produção por causa da tempestade tropical Barry.

O mercado permaneceu no limite quando as tensões se intensificaram entre o Irã e o Ocidente. Teerã disse nesta sexta-feira que o Reino Unido estava jogando um ?jogo perigoso? depois da apreensão de um petroleiro iraniano na semana passada, sob suspeita de estar infringindo as sanções europeias ao levar petróleo para a Síria.

Bozorgmehr Sharafedin
Fonte: Reuters
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Enviar por e-mail Imprimir
Clipping de Notícias UDOP
Inscreva-se e receba as novidades do setor.
    
Notícias Relacionadas
11/12/19 - EUA devem se tornar exportador líquido de petróleo em 2020, diz AIE
  - Produção de petróleo da Venezuela em novembro tem maior nível desde aperto em sanções
10/12/19 - Petrobras vende campos terrestres na Bacia Potiguar por US$266 mi
09/12/19 - Opep e sócios vão reduzir produção em mais 500 mil barris diários
  - China amplia importações de petróleo, minério de ferro e cobre em novembro
06/12/19 - Arábia Saudita e Rússia ganham apoio para ampliar cortes na produção de petróleo
  - Opep+ decide cortar mais 500 mil bpd; nova reunião ocorrerá em março, dizem fontes
  - Preços do petróleo têm pouca alteração, apesar de plano da Opep para novos cortes
  - Opep e aliados chegam a acordo para aprofundar cortes de produção
05/12/19 - Estoques de petróleo dos EUA caem mais que o esperado, aponta DoE
Para enviar a notícia, basta preencher o formulário abaixo.
Todos os campos são de preenchimento obrigatório!
 
PETRÓLEO-Preços sobem com tempestades tropicais e tensões geopolíticas
 
Seu nome:
Seu e-mail:
Destinatário:
E-mail destinatário:
(separe mais de um e-mail por ,)
Comentário: