Este site utiliza cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Ao continuar navegando
você concorda com nossa política de privacidade. Política de Privacidade

Facebook
Instagram
Linkedin
Twitter
Youtube
Fale Conosco
Acordo com a Rumo tira risco de ação da Hidrovias do Brasil; BTG vê potencial de 216%
Publicado em 01/12/2021 às 17h14
O acordo da Hidrovias do Brasil (HBSA3) com a Rumo (RAIL3) diminui o risco das ações da empresa, que oferecerá o seu terminal portuário no Porto de Santos para o transporte ferroviário.

O memorando entre as duas estabelece a operação de um volume anual de 500 mil toneladas de fertilizantes, a ser operado pelas partes com garantia no formato "take or pay", com validade de 180 dias.

"Embora pequeno, o anúncio é positivo para a Hidrovias do Brasil, pois ajuda a reduzir o risco de seu terminal de Santos, ao mesmo tempo que traz visibilidade de volume em condições de preços mais favoráveis", apontam os analistas Lucas Marquiori, Fernanda Recchia e Aline Gil.

Eles admitem que o momento de curto prazo é ruim para a Hidrovias do Brasil, mas que as ações devem ser compradas, tendo em vista que este cenário já está incorporado nos preços.

O BTG tem um preço-alvo de R$ 8 para as ações, o que projeta um potencial de valorização de aproximadamente 216%.
Gustavo Kahil
Fonte: Money Times
Notícias de outros veículos são oferecidas como mera prestação de serviço
e não refletem necessariamente a visão da UDOP.
Mais Lidas